Associação de Ligas europeias se opõe à superliga de clubes mais poderosos - A Notícia

Vers?o mobile

 
 

Lausana06/11/2018 | 14h21

Associação de Ligas europeias se opõe à superliga de clubes mais poderosos

AFP
AFP

A Associação de Ligas europeias de futebol reiterou nesta terça-feira sua oposição à criação de uma "Superliga europeia fechada", que estaria sendo trabalhada pelos grandes clubes do continente.

Segundo documentos procedentes do 'Football Leaks', vários clubes europeus estariam trabalhando para criar este campeonato fechado, que substituiria ou competiria com a atual Liga dos Campeões.

Segundo estes documentos, o torneio contaria com 16 equipes, sendo 11 delas fundadoras: Bayern de Munique, Real Madrid, Barcelona, Juventus, Paris Saint-Germian, AC Milan, Manchester United, Manchester City, Chelsea, Liverpool e Arsenal.

Outros cinco clubes seriam convidados: Atlético Madrid, AS Roma, Inter de Milão, Borussia Dortmund e Olympique de Marselha.

O projeto se inspiraria nos modelos de ligas americanas, que não contam com promoções e rebaixamentos, garantindo receitas estáveis aos clubes franqueados.

A Associação indica em comunicado que "toma nota dos rumores e especulações, e manifesta de forma permanente sua oposição à criação de uma Superliga fechada sob o modelo de uma franquia".

A Associação lembra que apoia "o modelo esportivo europeu e a estrutura piramidal aos mecanismos de promoção/rebaixamento, assim como os méritos esportivos dos clubes, são a base de toda competição".

Nesse contexto, as ligas europeias "apoiam totalmente a Uefa" na organização de competições continentais, acrescenta o comunicado.

* AFP

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaSTJ decide que acusados do incêndio na Boate Kiss vão a júri popular  https://t.co/MHmVFTdX7mhá 47 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaOs impactos das prisões de Gean Loureiro e outros seis investigados na Operação Chabu https://t.co/pfisLvNdTchá 47 minutosRetweet
A Notícia
Busca