Trump: suspender venda de armas seria pior para os EUA do que para a Arábia Saudita - A Notícia

Versão mobile

 

Elko20/10/2018 | 20h34

Trump: suspender venda de armas seria pior para os EUA do que para a Arábia Saudita

AFP
AFP

O presidente americano, Donald Trump, afirmou neste sábado que suspender a venda de armas para a Arábia Saudita em resposta à morte do jornalista Jamal Khashoggi "seria muito pior" para a economia do seu país do que para Riad.

"Acredito que isto represente mais de 1 milhão de empregos, o que faz com que não seja construtivo para nós suspender pedidos de armas como estes", disse o presidente americano. "Seria muito pior para nós do que para eles", afirmou.

A Arábia Saudita admitiu neste sábado, 17 dias depois do desaparecimento de Jamal Khashoggi, que o jornalista morreu no interior do consulado do reino em Istambul, mas não divulgou informações que permitissem a localização de seu corpo.

Em visita a Nevada, o presidente americano disse hoje que esperava mais detalhes de Riad. "Não ficarei satisfeito enquanto não encontrarmos uma resposta. Foi um bom primeiro passo, mas quero chegar a uma resposta", disse.

"Temos cerca de 450 bilhões de dólares (ndr: em contratos), 110 bilhões deles em pedidos militares, que são equipamentos e várias coisas encomendadas pela Arábia Saudita", disse Trump.

"Sobre o equipamento militar, podem buscá-lo na China e Rússia, embora não tenham um material tão bom quanto o nosso. Ninguém tem, mas podem comprar seu material em outro lugar", comentou Trump, repetindo o argumento que vem usando desde antes da confirmação da morte do jornalista.

Congressistas republicanos prometeram medidas contra Riad. O Congresso tem o poder de aprovar sanções e bloquear a venda de armas, mas qualquer iniciativa neste sentido terá que esperar pelo menos até as eleições de 6 de novembro, uma vez que o funcionamento de ambas as câmaras está suspenso até esta data.

* AFP

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJovem consegue fugir em Balneário Camboriú após suspeita de sequestro em Joinville https://t.co/lSKUOpOdsf #LeianoANhá 8 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJovem é libertada em Balneário Camboriú após suspeita de sequestro em Joinville https://t.co/Dh8D450ixA #LeianoANhá 9 horas Retweet
A Notícia
Busca