Betão cita estilo de jogo como causa da queda de rendimento no Avaí - A Notícia

Versão mobile

 

Sem ritmo13/02/2018 | 17h27Atualizada em 13/02/2018 | 17h27

Betão cita estilo de jogo como causa da queda de rendimento no Avaí

Zagueiro compara maneira de atuar em 2018 com a do ano passado para falar dos tropeços

Betão cita estilo de jogo como causa da queda de rendimento no Avaí Cristiano Estrela/Diário Catarinense
Foto: Cristiano Estrela / Diário Catarinense
DC Esportes
DC Esportes

A atuação do Avaí nos últimos jogos, principalmente na Ressacada, ligaram o alerta no clube ao longo do Campeonato Catarinense 2018. Um dos mais experientes do elenco, o zagueiro Betão falou nesta terça-feira, um dia após o empate com 1 a 1 com o Tubarão, que a troca de estilo de jogo azurra em relação ao ano passado é um dos pontos cruciais que determinam a queda de rendimento neste começo de temporada. Para ele, falta tempo para adaptação.

– Poucos entendem a teoria do futebol. A gente jogava há um ano e meio de uma maneira e agora estamos tomando a iniciativa e não jogando reativamente. E isso requer adaptação com pouco tempo de treino. Internamente existe a cobrança pelo resultado. Estamos propondo mais os jogos. Temos que ter a paciência para se adaptar – disse o zagueiro.

Mas entre propor o jogo, ou seja, atuar de maneira mais ativa, e esperar o adversário e sair nos contra-ataques, atuando de forma reativa, Betão voltou a dizer que é preciso adaptação e citou que por esse motivo os times considerados menores estão levando vantagem.

É legal propor o jogo, mas tem o tempo de adaptação. Natural não ter tempo para trabalhar no Estadual. Algumas equipes que não mudaram o estilo vão sair na frente, mas nós estamos buscando melhorar isso para buscar a recuperação – falou Betão.

O zagueiro ainda preferiu não opinar sobre como será a postura do time diante do Brusque, quinta-feira, pela oitava rodada. Betão se limitou a dizer que o elenco vai cumprir o que for determinado pelo treinador e, ainda, considerou normal as cobranças da torcida.

– Essa decisão é o Claudinei que toma. Tem que ver o que é melhor por conta da nossa situação, se mantém o jogo ativo ou voltamos ao reativo. O que ele definir temos que fazer de forma intensa. A cobrança nem é muito dele, mas de nós jogadores. A torcida sabe que temos qualidade para melhorar e, por isso, nos cobram – completou.

O Avaí volta a campo na quinta-feira, em jogo marcado para as 20h30min. O Leão vai a Brusque enfrentar os donos da casa, no Augusto Bauer. Um novo tropeço pode coloca em risco o planejamento azurra neste início de temporada. Depois, no domingo, o adversário é a Chapecoense, no Oeste, no encerramento do turno.

Leia mais sobre o Avaí
Veja a tabela completa do
Estadual
Leia mais notícias sobre o
Catarinense 2018

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJoinville vai sediar fórum do desenvolvimento, indústria e meio ambiente da OAB/SC nesta quinta e sexta-feira… https://t.co/SW6rGpbbephá 43 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJEC anuncia novo treinador para a disputa da Copa SC https://t.co/44mdgEIhyv #LeianoANhá 4 horas Retweet
A Notícia
Busca