Veterano da Marinha é acusado por atropelamento com morte na Times Square - A Notícia

Versão mobile

Estados Unidos19/05/2017 | 10h43Atualizada em 19/05/2017 | 10h43

Veterano da Marinha é acusado por atropelamento com morte na Times Square

Richard Rojas foi preso no local. Ele havia sido preso por dirigir embriagado em 2008 e 2015, e detido no início de maio sob a acusação de ameaça

AFP
AFP

O veterano da Marinha dos Estados Unidos que atropelou, na quinta-feira (18), pedestres na Times Square, matando uma mulher e ferindo outras 22 pessoas, foi acusado de homicídio e tentativas de homicídio, informou a polícia de Nova York nesta sexta (19).

O incidente ocorrido na quinta-feira causou medo na capital financeira dos Estados Unidos após os atentados com carros em Londres, Berlim e na cidade francesa de Nice, mas as autoridades disseram que não havia provas de que esse incidente estava relacionado com o terrorismo.

Leia mais
Consulado de Porto Alegre já aparece no formulário de vistos para os EUA
Mercado precifica risco de queda de Trump
Trump diz que nenhum político "foi tratado mais injustamente" que ele

Richard Rojas, de 26 anos e oriundo do Bronx, foi preso no local e posteriormente acusado de homicídio em segundo grau, 20 acusações de tentativa de homicídio e cinco por homicídio qualificado, segundo a polícia.

A mulher que acabou morrendo foi identificada como Alyssa Elsman, de 18 anos e nativa de Portage, Michigan. Sua irmã de 13 anos está entre os feridos. Outros quatro feridos permanecem em estado crítico, segundo as autoridades.

Rojas atropelou os pedestres com seu Honda Accord ao subir a calçada por três quadras em alta velocidade antes de bater em um poste de metal. Ele havia sido preso por dirigir embriagado em 2008 e 2015, e detido no início deste mês sob a acusação de ameaça, informou a polícia. Após sua prisão na quinta-feira foi submetido a um teste de drogas e álcool.

A Marinha informou que o acusado serviu de 2011 a 2014. Foi condecorado com a Medalha do Serviço de Defesa Nacional, e esteve estacionado na Flórida, Illinois e Carolina do Sul.

Leia mais notícias de Mundo

*AFP

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaDesaparecimento de taxista é investigado como um possível latrocínio em Jaraguá do Sul https://t.co/wDopUqiEoO #LeianoANhá 28 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJornais da NSC Comunicação ganham novo espaço de opinião sobre economia https://t.co/O401kQMjb9 #LeianoANhá 2 horas Retweet
A Notícia
Busca