Evento em SC é embargado e estudantes de Medicina ficam parados na estrada - A Notícia

Versão mobile

De volta para casa30/05/2013 | 12h42

Evento em SC é embargado e estudantes de Medicina ficam parados na estrada

Organização do Intermed, que ocorreria em Joinville, não conseguiu liberação do Corpo de Bombeiros

Evento em SC é embargado e estudantes de Medicina ficam parados na estrada Fernanda Tabajara/Arquivo Pessoal
Com a interdição do alojamento onde ficariam hospedados, estudantes aguardam para almoçar na Univille, em Joinville Foto: Fernanda Tabajara / Arquivo Pessoal

Cerca de 4 mil estudantes de Medicina do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná tiveram os planos para o feriado frustrados. Os acadêmicos iriam participar do Intermed Sul, em Joinville, evento que reúne disputas esportivas, além de shows e festas. No entanto, a realização do festival foi embargada pela falta da licença do Corpo de Bombeiros.

— Foi um problema com a empresa contratada para encaminhar os documentos exigidos para fazer o evento, que não conseguiu entregar os papéis a tempo — explicou um dos membros da comissão organizadora, Bruno Matsumoto.

Alguns ônibus com estudantes já estavam em Joinville desde a madrugada e acabaram retornando às cidades de origem. Outras excursões ficaram paradas na estrada aguardando novas informações. Veículos que transportavam acadêmicos da PUCRS, seguiram em direção ao município catarinense.

Diferente do que foi informado inicialmente, os alunos da UFRGS não retornaram na quinta-feira. Os alunos gaúchos de deslocaram para voltar a Porto Alegre apenas após a confirmação oficial do cancelamento do evento, o que ocorreu à noite.

Na página do Intermed no Facebook, acadêmicos mostraram indignação com a situação: "Incompetência e falta de respeito por todos que estão em postos de gasolina dormindo no chão, dentro de ônibus ainda indo para o local e por todo o trabalho e gasto que tivemos para nos organizar" postou Luiza Ventura. "Fico muito, muito triste, porque perdi não só meu dinheiro, mas meu tempo e meu ânimo treinando e esperando ansiosamente por esse dia, para representar minha universidade, e fui impedida por causa de desorganização e falta de respeito", disse Thaís Surgik.

ZERO HORA

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaDetran recorre ao TJSC para manter suspensão de carteira de motorista de juiz de Joinville https://t.co/8SbKHjPD4J #LeianoANhá 2 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaPrefeitura de Joinville divulga as vagas de emprego disponíveis no Cepat https://t.co/Ksm9gcmP2U #LeianoANhá 4 horas Retweet
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros