Artista e escritor Nuno Ramos participa de debate em Joinville - A Notícia

Vers?o mobile

 
 

Evento30/03/2012 | 11h01

Artista e escritor Nuno Ramos participa de debate em Joinville

Autor de polêmica obra com urubus , exposta na Bienal de SP, participa do Projeto Arte Contemporânea: Produção e Curadoria

Artista e escritor Nuno Ramos participa de debate em Joinville Divulgação/Arquivo Pessoal
Nuno Ramos já exibiu obras no Sesc de Joinville em 2009 Foto: Divulgação / Arquivo Pessoal

O artista e escritor Nuno Ramos não chegou a conhecer profundamente Luiz Henrique Schwanke, mesmo o tratando como companheiro de geração. Isso porque o início de sua produção nas artes visuais data da mesma década em que o joinvilense ganhava projeção nacional.

— Conheci algumas pinturas dele, não intimamente. Mas é em homenagem a ele que estarei aí sábado —, garantiu Nuno, nesta quinta, em uma entrevista por telefone.

Nuno compõe a segunda mesa de discussões propostas pelo Projeto “Arte contemporânea: produção e curadoria”, encabeçado pelo Instituto Schwanke e financiado pelo Sistema Municipal de Desenvolvimento pela Cultura. A primeira contou com a presença de Agnaldo Farias. O encontro com o paulista será nesta sexta, das 16 às 22h30, no auditório da reitoria da Univille.

Serão seis horas de conversa, sem uma só linha prevista pelo artista. A ideia é, na informalidade, propor um debate de amplitudes guiadas pela curiosidade do público. Assunto não vai faltar: além da literatura e artes visuais, áreas onde Nuno seja mais conhecido, a produção do paulista também passa pelas linguagens do cinema e de música.

— Sou um artista do erro —, define.

É tentando acertar que Nuno experimenta de tudo um pouco. Formado em filosofia, ingressou nas artes plásticas aos 20 anos, idade que ele mesmo considerava tardia. Foi sendo atraído por outras áreas e soube dar a cada uma um traço original.

— Tento encarar cada uma de forma diferente —, diz o artista, que não costuma dar muitas palestras, mas defende que o artista deva ser acessível e desmitificado.

Esta é a sua primeira visita a Joinville. No entanto, “Só Lâmina”, uma das exposições individuais do artista, passou por aqui em 2009, na Galeria do Sesc. Entre seus últimos trabalhos está o polêmico “Bandeira Branca”, exposto na 29ª Bienal de São Paulo.

A instalação era composta por urubus presos em uma grande área cercada. Ela chegou a ser invadida por pichadores que protestavam o confinamentos dos animais.

A discussão no auditório da Univille terá a mediação da professora doutora em história e literatura Rosangela Miranda Scherem, e da professora doutoranda em teoria da literatura Taiza Mara Rauen Moraes. A inscrição, gratuita, deve ser feita pelo e-mail administrativo@schwanke.org.br.

SERVIÇO
O QUÊ: Projeto Arte Contemporânea: Produção e Curadoria, com Nuno Ramos.
QUANDO: nesta sexta, das 16 às 22h30.
ONDE: no auditório da reitoria da Univille, rua Paulo Malschitzki, 10, campus universitário.
QUANTO: gratuito. As inscrições devem ser feitas pelo administrativo@schwanke.org.br.
INFORMAÇÕES: (47) 9119-3680 ou www.schwanke.org.br.

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaSeleção Brasileira enfrenta o Paraguai nas quartas de final da Copa América https://t.co/NWKG6z07tRhá 28 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaSem suportar mais a dor, "homem-árvore" pede para que suas mãos sejam amputadas https://t.co/Z6uS0hSYWrhá 2 horas Retweet
A Notícia
Busca