Versão mobile

Solidariedade10/01/2012 | 08h35Atualizada em 10/01/2012 | 08h35

Vizinho vira herói ao salvar vida de gêmeas em incêndio em Jaraguá do Sul

Irmãs tiveram 80% do corpo queimado

Enviar para um amigo
Vizinho vira herói ao salvar vida de gêmeas em incêndio em Jaraguá do Sul Piero Ragazzi/Agencia RBS
Caminhoneiro Romeu Tonn resgatou as gêmeas Foto: Piero Ragazzi / Agencia RBS

O motorista de caminhão Romeu Tonn, 36 anos, estava em casa descansando quando ouviu um vizinho gritando que a residência ao lado estava pegando fogo.

Rapidamente, ele saiu para ver o que estava acontecendo e encontrou Ângela de Lima, ao lado do filho, Andrei, desesperada, porque as filhas gêmeas, de um ano, estavam dentro do imóvel em chamas.

Sem pensar duas vezes, o caminhoneiro entrou na casa e resgatou a pequena Dafni.

— Ela tinha engatinhado do quarto até a cozinha e estava com os cabelos e a parte detrás da fralda pegando fogo. Dei umas batidas de leve, entreguei ela para o tio e fui buscar a outra —, conta.

A cunhada dele, Valdinéia Tonn, 35 anos, lembra emocionada do momento em que Romeu se enrolou em um tapete da sala da casa que pegava fogo e entrou no quarto para buscar a pequena Stefani, que já estava queimando sobre o berço. Pouco depois do resgate, a casa desabou. Romeu teve queimaduras leves nas mãos e nos pés, mas passa bem.

— Ele não pensou duas vezes em arriscar a vida para salvar as meninas. Ele é um herói —, diz a cunhada.

O incêndio que destruiu uma casa de 70 metros quadrados, no bairro Ribeirão das Pedras, em Jaraguá do Sul, na tarde de segunda, provocou queimaduras graves nas gêmeas. O caso mais delicado é o de Stefani.

A menina teve queimaduras de segundo e terceiro graus em cerca de 80% do corpo. A irmã Dafni, que foi salva pouco antes, foi atingida em cerca de 30% do corpo. As gêmeas foram levadas pelo helicóptero da Polícia Militar para o Hospital Infantil Joana de Gusmão, em Florianópolis. Até as 20h30, Stefani estava na UTI e a irmã em observação.

O chefe de equipe dos bombeiros, Adriano Poglia, afirma que a maior parte das queimaduras no corpo das meninas foi no abdômen e nas costas. O irmão delas, Andrei, cinco anos, o primeiro a ser retirado da casa, sofreu queimaduras de terceiro grau nos pés e foi levado ao Hospital Jaraguá.

Investigação das causas

Os bombeiros suspeitam que as chamas começaram no banheiro por causa de um curto-circuito, mas uma perícia deverá apontar o que provocou o incêndio. Em estado de choque, Ângela não soube dizer em que parte da casa ela estava no momento que começou o fogo.

As chamas se alastraram rapidamente e provocaram muita fumaça, chamando a atenção dos moradores.

— Quando chegamos, as crianças já haviam sido resgatadas por vizinhos —, conta Poglia. Foram necessários dois caminhões de combate a incêndio para apagar o fogo, que foi controlado depois de 40 minutos.


>>> GALERIA DE FOTOS: veja imagens do resgate.

VÍDEO: veja mais imagens do resgate:

Notícias Relacionadas

09/01/2012 | 15h31

Irmãs gêmeas têm corpo queimado durante incêndio em Jaraguá do Sul

Uma delas ficou queimaduras em 80% do corpo

Comentar esta matéria Comentários (1)

jose garibaldi

são pessoas assim que deveriam receber honrarias , não políticos e empresários!

10/01/2012 | 12h01 Denunciar

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaVestibular da Acafe registra abstenção de 10,51% neste domingo em Santa Catarina http://t.co/Ae87NFy54Zhá 3 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaConfira 10 dicas para não cair em armadilhas no Black Friday http://t.co/1LVf3OTgVihá 5 horas Retweet
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros