Padre preso por assédio sexual a garota de 13 anos em Rio do Sul é suspenso de ordem religiosa - A Notícia

Versão mobile

21/06/2009 | 21h50

Padre preso por assédio sexual a garota de 13 anos em Rio do Sul é suspenso de ordem religiosa

Ângelo Chiarelli era monitorado pela polícia havia mais de dois meses

O frei Ângelo Chiarelli, preso na sexta-feira por atentado violento ao pudor, em Rio do Sul, no Vale do Itajaí, está suspenso da ordem, ou seja, desautorizado a realizar qualquer ação sacerdotal por tempo indeterminado.

O futuro religioso definitivo de Chiarelli será determinado pela ordem a qual pertence o frei, a dos Frades Menores Capuchinhos, com sede em Curitiba.

O vigário-geral da Diocese de Rio do Sul, Alírio Vicenzi, reafirma que a Igreja lamenta profundamente o caso, que vai contra a dignidade de qualquer pessoa. A instituição aguarda a apuração dos fatos e que a verdade apareça, "doa a quem doer".

Polícia divulga detalhes da investigação

A Polícia Civil de Rio do Sul, no Vale do Itajaí, divulgou detalhes da investigação que levou à prisão em flagrante por atentado violento ao pudor o frei Ângelo Chiarelli, 64 anos.

Antes de chegar ao flagrante, a polícia interceptou, com autorização da Justiça, o computador e o celular do religioso, além do telefone da Paróquia Divino Espírito Santo, onde morava. Na hora da prisão, sexta-feira, ele estava no quarto com uma adolescente de 13 anos.

Desde sábado de madrugada, o religioso está em uma cela isolada no Presídio Regional de Rio do Sul.

De acordo com a delegada titular da Delegacia de Proteção à Mulher, à Criança e ao Adolescente de Rio do Sul, Karla Fernanda Bastos Miguel, um exame comprovou a virgindade da adolescente.

No momento do flagrante, o padre teria afirmado que beijou e tocou os seios da menina sobre a roupa. Em depoimento, conforme a delegada Karla, Chiarelli afirmou ter fantasias com a adolescente, mas ele declarou serem "fantasias bobas".

Durante a investigação de dois meses, que começou depois de uma denúncia ao Ministério Público, a polícia acompanhou o relacionamento que o padre mantinha com a garota, que frequentava a paróquia. O religioso enviava torpedos com teor romântico e obsceno - os trechos mais comprometedores, o padre escrevia em códigos, digitando apenas a primeira letra das palavras.

As conversas telefônicas entre os dois também tinham caráter íntimo, e em alguns momentos Chiarelli declarava amar a menina.

Foi acompanhando os telefonemas que a polícia soube que os dois se encontrariam na sexta-feira à tarde no apartamento do padre, no bairro Canoas. Quando a polícia invadiu o local, a menina estava na cama do padre, e o religioso estava em pé no quarto - os dois estavam vestidos e disseram estar conversando.

Material apreendido será investigado

A polícia apreendeu três malas com materiais para investigação no quarto do padre. Entre os objetos, DVDs, fotos em papel e cerca de 22 mil fotos digitais. De acordo com a delegada, o material ainda não foi completamente analisado, mas já foram encontradas fotos de meninas pré-adolescentes de biquíni.

O frei teria afirmado que a fotografia e a produção de vídeo eram um hobby. No quarto do religioso havia fotos de meninas espalhadas nos porta-retratos. Segundo a delegada, Karla ainda não é possível saber se o religioso mantinha o mesmo tipo de relacionamento com outras adolescentes.

O isolamento no presídio cumpre uma determinação do artigo 295 do Código de Processo Penal, que indica a prisão em cela especial para religiosos, antes da condenação. Ângelo Chiarelli é frei há quase 37 anos e há dois estava em Rio do Sul.

 

Notícias Relacionadas

20/06/2009 | 18h58

Padre de Rio do Sul preso por atentado violento ao pudor está no presídio

Religioso está em cela especial

20/06/2009 | 09h37

Padre é preso em Santa Catarina por atentado violento ao pudor contra garota de 13 anos

Religioso era investigado há dois meses pela Polícia Civil de Rio do Sul, no Vale do Itajaí

19/06/2009 | 23h13

Padre é preso em Rio do Sul por atentado violento ao pudor contra garota de 13 anos

Ângelo Chiarelli era investigado havia dois meses pela Polícia Civil

 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaAgente penitenciário é morto a tiros em Joinville https://t.co/qEPAaVVHXf #LeianoANhá 33 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaAgente penitenciário é morto com diversos disparos em Joinville https://t.co/RXv6pw0ZVI #LeianoANhá 43 minutosRetweet
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros