Central de emergência une 190, 192 e 193 em Joinville - A Notícia

Versão mobile

10/05/2009 | 12h12

Central de emergência une 190, 192 e 193 em Joinville

Mudança quer evitar que todas as equipes se desloquem para atender à mesma ocorrência

Central de emergência une 190, 192 e 193 em Joinville Fabrizio Motta/
Joinville é a primeira cidade no Estado a unificar os três serviços Foto: Fabrizio Motta
Final de semana, começo de mês, diversão na noite, bebida alcoólica, embriaguez ao volante... Não demora para os bombeiros receberem um chamado: acidente de trânsito. Pessoas que estão no local, preocupadas, também ligam para o Samu e Polícia Militar (PM). Minutos depois, três viaturas, uma de cada serviço, estão no local. Às vezes, para atender apenas a feridos leves. Para evitar o deslocamento desnecessário de viaturas, começa a funcionar nesta segunda-feira a Central de Emergência em Joinville.

O serviço, localizado no 8º Batalhão da Polícia Militar, no bairro Atiradores, reunirá na mesma sala atendentes da PM, do Samu e dos bombeiros. PM e Samu já ocupam o mesmo espaço desde fevereiro. Só falta a ida dos bombeiros. Para quem precisa de socorro, nada muda em relação à chamada. Os telefones continuam os mesmos (Polícia Militar, 190; Samu, 192; Corpo de Bombeiros, 193). O que muda é que os três serviços saberão em tempo real a chamada que cada um está recebendo e poderão distribuir melhor as emergências.

— Conseguiremos mandar a viatura certa, com a equipe certa. Se for um resgate e a pessoa ligar para a PM, o caso já passa aos bombeiros. Se for uma parada cardíaca e ligarem aos bombeiros, a ocorrência vai para o Samu, que atende a casos clínicos. Se for um acidente com infração de trânsito e vítimas nas ferragens, podem ir os três — explica o major Adilson Moreira, chefe da Central de Operações da Polícia Militar (Copom) em Joinville.

Segundo o policial, o objetivo é fazer com que o atendimento de emergência seja mais rápido, eficaz e com economia de dinheiro público.

— Evitando o envio de três ambulâncias ao mesmo local sem necessidade, gastamos menos combustível e temos mais veículos e pessoal disponíveis para outras ocorrências — exemplifica.

Joinville é a primeira cidade no Estado a unificar os três serviços. Em Balneário Camboriú e Blumenau já é assim com a PM e o Samu. Além disso, a PM de Joinville é a única em SC com equipe de paramédicos — soldados aptos a socorrer vítimas em situações de conflito, como trocas de tiros. A criação das centrais de emergência foi idealizada em 2007 pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP), segundo Moreira.

Futuramente, a ideia é que outros serviços essenciais, como Defesa Civil, agentes de trânsito e Guarda Municipal, também possam funcionar na mesma sala.

A NOTÍCIA

 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaHomem mata a mulher dentro de casa em Itajaí https://t.co/GRk1RbYI43 #LeianoANhá 7 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaCâmara de Joinville faz audiência para discutir dez projetos de datas comemorativas   https://t.co/fVPB0gROvY #LeianoANhá 8 horas Retweet
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros