Família de menina morta em CEI de Joinville fala da vida após tragédia - A Notícia

Versão mobile

11/03/2009 | 08h39

Família de menina morta em CEI de Joinville fala da vida após tragédia

Pais de Kelly acreditam que morte da criança foi causada por "absoluta negligência"

Família de menina morta em CEI de Joinville fala da vida após tragédia Jessé Giotti/
A mãe da menina, Zenobia, chora abraçada ao coelhinho Pepe Foto: Jessé Giotti
Quando calçou os tênis e saiu sozinho do sobrado verde claro onde mora, Zenaldo Kruger, 48 anos, sabia que a caminhada de 1,1 quilômetro seria dolorida. Era o reencontro com o passado recente. Atrás do muro que ele escalou, e onde depois sentou, ainda estava o tronco podre do balanço que matou sua princesinha Kelly Kristyn Kruger, cinco anos.

O choro, pela primeira vez desde a tragédia ocorrida no dia 3, não teve abraço de consolo. Ele estava só. A caminhada foi na tarde de segunda-feira, feriado em Joinville, horas depois de a família chegar de Lages, onde Kelly foi enterrada.

Nem Zenaldo nem a família tinham ido ao parquinho do Centro de Educação Infantil (CEI) Espinheiros desde o acidente. A mãe, Zenobia Wintercheidt, 45, fala pouco. Chora mais. Em casa, levanta, sai e volta com o coelhinho Pepe. Era o bichinho favorito da “Kellynha”, como a mãe a chamava.

— Esse vai ficar comigo para sempre — diz.

Roupas e brinquedos não têm destino certo. A família pensa em doá-los ao CEI. Mas não sabe qual seria a reação dos amiguinhos e professores. Pai e mãe também não falam em ação judicial. Mas o tom é de que há, sim, responsáveis.

— Fatalidade foi o que aconteceu em Ilhota por causa das chuvas. O que matou minha filha foi absoluta negligência — afirma o pai.

As boas lembranças ainda estão no quarto rosa da menina – essa era sua cor favorita. Os desenhos e cartazes da Moranguinho e Hello Kitty também. Kelly, a caçula de uma família que soma seis irmãos, era a única menina. Numa época de grana curta, a gravidez foi recebida com mistura de apreensão e alegria.

— Torcia por uma menina — lembra Zenaldo.

Em 16 de março de 2003, Kelly nasceu. Para chegar ao hospital, a família teve de pegar um carro emprestado e percorrer quase 30 quilômetros, em Florianópolis. Neste 16 de março – segunda-feira que vem – a família só pretende rezar. Assim como Kelly fazia antes das refeições e de dormir. Mesmo quando pedia para o pai dormir no colchão enquanto ela adormecia abraçada à mãe.

— A fé e a orientação espiritual dão serenidade, mas não pensem que dói menos por causa disso — diz a mãe, com fotos de Kelly nas mãos.

São de um desfile que ela fez no final de 2008, quando ganhou uma coroa e faixa de rainha.

A memória leva ao último dia de aula. Kelly pediu colo para o pai até o carro.

— Que colinho gostoso, papai — disse ela.

No carro, no banco de trás, acenava aos colegas de aula e dizia:

— Veja quantos amiguinhos eu tenho papai.

Notícias Relacionadas

06/03/2009 | 07h58

Especialista diz que tronco do balanço em CEI de Joinville "não recebeu tratamento adequado"

Moisés Bianchi, que trabalha há 25 anos no ramo, diz que problemas eram visíveis

05/03/2009 | 11h39

Poucas crianças voltam às aulas no CEI onde menina morreu em Joinville

Muitos pais preferiram deixar os filhos em casa depois da morte de garotinha

05/03/2009 | 09h

Sinais de perigo nas praças de Joinville

"A Notícia" percorreu parques em nove praças de diversos bairros. Todas têm problemas

04/03/2009 | 22h22

Parques de 59 CEIs são interditados em Joinville

Intenção é evitar que se repitam acidentes como o que aconteceu na terça-feira

04/03/2009 | 20h29

Família da menina morta em CEI volta a Joinville só na segunda-feira

Família de Kelly teme a própria reação, quando voltar para a sua casa na zona Sul

04/03/2009 | 20h20

Criança morre em escola de educação infantil de Joinville

Outra estudante ficou ferida, mas passa bem

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaRuas do Centro de Joinville interditadas para ampliação da rede de água https://t.co/JARpXp601N #LeianoANhá 40 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaCarro roubado é recuperado na BR 101 em Joinville https://t.co/XhqLsM0b0S #LeianoANhá 3 horas Retweet
A Notícia
Busca