Criança morre em escola de educação infantil de Joinville - A Notícia

Versão mobile

03/03/2009 | 10h32Atualizada em 09/04/2009 | 10h42

Criança morre em escola de educação infantil de Joinville

Outra estudante ficou ferida, mas passa bem

Criança morre em escola de educação infantil de Joinville Salmo Duarte/
Crianças brincavam juntas no parquinho quando estrutura do balanço cedeu Foto: Salmo Duarte

Correção: Das 10h32 (03/03) às 20h20 (04/03), este site informou equivocadamente que Camila da Silva tem quatro anos. Na verdade, Camila tem cinco anos. O texto foi corrigido".

Uma menina de cinco anos morreu na manhã desta terça-feira em Joinville depois que um balanço caiu sobre ela no Centro de Educação Infantil (CEI) do Espinheiros, no bairro Espinheiros, em Joinville. A menina se chama Kelly Kruger e teria morrido na hora.

Camila da Silva, de cinco anos, também estava no brinquedo e ficou ferida. Ela foi levada para o Hospital Infantil Jéser Amarante Faria, mas não corre risco de morte. Após o acidente, os pais das crianças que estudam no CEI foram chamados e as aulas interrompidas.

O acidente teria ocorrido por volta das 9 horas, quando as meninas brincavam juntas no balanço do parquinho. A estrutura de madeira que segurava as cadeirinhas cedeu e caiu em cima das duas crianças.

Peritos da Polícia Civil analisaram o local do acidente antes de levar o corpo da menina para o Instituto Médico Legal (IML) de Joinville. A família de Camila da Silva está com a menina no Hospital Infantil. A mãe, Sueli da Silva, contou que a filha passa bem, está falando bastante e pediu um chocolate após ser atendida.

— Nós consideramos essa morte uma fatalidade, sem culpados. Não há revolta, apenas lamentação — disse Sueli.

Em frente ao CEI, o clima era de tristeza e indignação. Um grupo de mães que voltava para buscar os filhos reclamava da estrutura do parquinho. Segundo elas, os brinquedos estavam em estado precário e sem garantias de segurança para as crianças.

— Os brinquedos estão velhos, com pregos enferrujados, mas mesmo assim os professores levavam os aluninhos para brincar lá — disse Josefina de Ávila Pereira, 21 anos, que foi buscar o filho Gabriel depois de saber da tragédia.

A assessoria da Prefeitura afirmou que todas as medidas serão tomadas para auxiliar as famílias das duas meninas. Segundo a assessoria, a família de Kelly seria de Lages, onde a menina possivelmente será enterrada.

O Centro de Educação Infantil do Espinheiro foi isolado pela polícia e deve continuar fechado por tempo indeterminado. Uma nota oficial será divulgada pela Prefeitura no começo da tarde desta terça-feira. O secretário municipal de Educação, Marquinhos Fernandes (PT) estava em Florianópolis e deve voltar para Joinville no começo da tarde.

AN.COM.BR

Notícias Relacionadas

16/03/2009 | 16h25

Alunos e professores fazem homenagem a Kelly Kruger em Joinville

Menina morreu depois que estrutura do balanço quebrou e atingiu sua cabeça

06/03/2009 | 07h58

Especialista diz que tronco do balanço em CEI de Joinville "não recebeu tratamento adequado"

Moisés Bianchi, que trabalha há 25 anos no ramo, diz que problemas eram visíveis

05/03/2009 | 11h39

Poucas crianças voltam às aulas no CEI onde menina morreu em Joinville

Muitos pais preferiram deixar os filhos em casa depois da morte de garotinha

 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaGoverno de SC gastou R$ 700 mil em aluguéis mesmo com novo complexo da SSP pronto https://t.co/necf2UOfsV #LeianoANhá 2 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaHumoristas de Joinville participam de concurso de stand up nesta terça-feira https://t.co/QdIApoiFkB #LeianoANhá 9 horas Retweet
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros