Versão mobile

09/06/2008 | 20h04

Mais quatro presos na Operação Cartada Final ganham liberdade

No início da noite o juiz João Batista Lazzari concedeu alvará de liberdade para Victor Escorza, Gilmar Palenske, Jair Kusinsky e Valério Bittencourt Machado

Enviar para um amigo
Mais quatro presos na Operação Cartada Final ganham liberdade Guto Kuerten/
Com a liberdade de mais quatro presos na Operação Cartada Final, sobem para 11 o número de pessoas soltas Foto: Guto Kuerten
Marco Aurélio Braga

marco.braga@an.com.br

Mais quatro pessoas que foram presas na Operação Cartada Final da Polícia Federal em Joinville na semana passada ganharam liberdade. No início da noite desta segunda, por volta das 19 horas, o juiz João Batista Lazzari, da Vara Federal em Florianópolis, concedeu alvará de liberdade para Victor Escorza, Gilmar Palenske, Jair Kusinsky e Valério Bittencourt Machado.

Victor Escorza é filho do empresário e ex-cônsul honorário da Espanha, Antonio Escorza, apontado como o líder do grupo que importava equipamentos eletrônicos para fabricação de máquinas de caça-níqueis. O empresário está com prisão preventiva decretada (tempo indeterminado) e continua detido na carceragem da Superintendência da Polícia Federal na Capital, juntamente com seu outro filho Diego Escorza.

Com a liberdade de mais quatro presos na Operação Cartada Final, sobem para 11 o número de pessoas soltas. A mulher do empresário Escorza, Débora Pinnow, foi solta na sexta-feira depois de receber relaxamento da prisão em flagrante por não ter justificado a origem do dinheiro — R$ 43 mil, US$ 28 mil e 7,6 mil euros - encontrado em sua bolsa.

Notícias Relacionadas

09/06/2008 | 09h01

Sete presos na Operação Cartada Final ganham liberdade

Antonio Escorza, seus dois filhos e o advogado Gilmar Palenske seguem detidos

06/06/2008 | 18h53

Antonio Escorza garante que é inocente

Empresário foi preso na manhã de quarta-feira na Operação Cartada Final

06/06/2008 | 10h36

Documentos fortalecem suspeita de lavagem de dinheiro no exterior

Advogados de Escorza devem entrar com pedido de liberdade nesta sexta-feira

05/06/2008 | 18h57

Mulher de Antonio Escorza ganha liberdade

Advogados da família entraram com um pedido de relaxamento da prisão em flagrante, que foi aceito pela juíza Ana Cristina Krämer

05/06/2008 | 18h21

Presos na Operação Cartada Final estão na mesma cela na Superintendência da PF, em Florianópolis

Empresário Antonio Escorza recebeu visita de advogada na manhã desta quinta

05/06/2008 | 17h08

Foragido da Operação Cartada Final já estaria no Brasil, diz PF

Empresário Joinvilense procurado pela Polícia Federal tem mandado de prisão preventiva contra ele

Comentar esta matéria Comentários (2)

Lucia

Ë de se indignar diante desse fato, vemos que o sistema é discriminatório, pois ricos não podem ocupar o sistema carcerário, esse é lugar de pobre, negro e classes menos favorecidas da sociedade. Tudo indica que vão sair impunes, daqui a pouco estarão esquecidos, pois interessa ao sistema manter a forma que o Brasil adotou: cada um que fique no seu devidolugar, ou seja cadeia não é feita para os donos do dinheiro/poder.

11/06/2008 | 09h48 Denunciar

JORGE LAFON

CADEIA NELES CUMPADIIIII!!!

10/06/2008 | 12h39 Denunciar

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaCom ingressos esgotados para visitantes, PM de Itápolis faz alerta ao torcedor de Joinville que viajar a São Paulo http://t.co/CwMUXrvGc8há 7 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaPolícia troca tiros com suspeitos em Garuva http://t.co/XLNqOEbzfRhá 7 horas Retweet
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros