Oposição boliviana tentará articular campanha contra reeleição de Morales - Mundo - A Notícia

Versão mobile

 

La Paz07/12/2018 | 22h01

Oposição boliviana tentará articular campanha contra reeleição de Morales

AFP
AFP

Comitês civis das principais regiões da Bolívia decidiram nesta sexta-feira (7) coordenar com os candidatos presidenciais opositores sua campanha contra a reeleição de Evo Morales, no poder desde 2006, para um quarto mandato consecutivo até 2025.

Líderes e dirigentes de comitês cívicos de seis dos nove departamentos da Bolívia se reuniram e tomaram várias medidas, após os efetivos bloqueios de ruas e marcha na quinta-feira em todo o país, contra a nova candidatura do presidente boliviano.

Após o encontro, os dirigentes leram suas resoluções, entre as quais se menciona "convocar os líderes dos partidos políticos e seus candidatos a uma reunião (...) para buscar acordos e consensos de preservar os valores democráticos e o cumprimento da Constituição".

O objetivo é que toda a campanha política da oposição seja coordenada e dirigida para conter os planos de Morales.

Os comitês civis e a oposição consideram que a nova candidatura de Morales viola um referendo de 2016 que rejeita este fim. No entanto, o governo conseguiu que o Tribunal Constitucional o habilite, argumentando que candidatar-se é seu direito humano.

* AFP

 
A Notícia
Busca