Níger teme novos ataques do Boko Haram no começo de 2019 - Mundo - A Notícia

Versão mobile

 

Niamei08/12/2018 | 21h49

Níger teme novos ataques do Boko Haram no começo de 2019

AFP
AFP

O ministro da Defesa do Níger, Kalla Moutari, declarou neste sábado que teme ataques do Boko Haram contra as forças nigerinas no começo de 2019 e que quer formar forças especiais contra os extremistas.

Durante uma intervenção no Parlamento, o ministro lembrou que "a situação é preocupante na Nigéria", país vizinho, onde várias "bases militares foram derrotadas" recentemente pelo Boko Haram.

Os combatentes do "Boko Haram conseguiram adquirir material", alertou Moutari, que "teme" ataques dos extremistas contra as forças nigerinas "a partir de janeiro de 2019, [período] que corresponde ao início da retirada das águas do Komadougou", rio que serve de fronteira natural entre Níger e Nigéria e que impede as incursões insurgentes nigerianos em solo nigerino.

"Achamos que este grupo conta com a capacidade necessária para realizar ações de grande alcance contra nossas posições a todo momento" e "nos preparamos em consequência" disso, garantiu.

Ele também anunciou que o Níger decidiu dar fomração a suas forças especiais pelos exércitos de "França, Itália e Estados Unidos".

O ministro apresentou aos deputados a situação da segurança da região de Diffa (sudeste do Níger), vítima desde 2015 de ataques do grupo extremista, no nordeste da Nigéria.

* AFP

 
A Notícia
Busca