Operação antiterrorista contra associação xiita na França - Mundo - A Notícia

Versão mobile

 

Paris02/10/2018 | 06h19

Operação antiterrorista contra associação xiita na França

AFP
AFP

Quase 200 policiais compareceram nesta terça-feira à sede de uma associação xiita na região norte da França e às casas de seus dirigentes, suspeitos de apoiar "organizações terroristas", informaram fontes das forças de segurança.

A operação contra o Centro Zahra França em Grande-Synthe, subúrbio da cidade portuária de Dunkerque, foi organizada como parte de uma ação de "prevenção do terrorismo", indicaram as autoridades regionais em um comunicado.

Uma fonte das forças de segurança afirmou à AFP que 11 pessoas foram detidas. As autoridades francesas também congelaram os ativos financeiros do centro, que é dirigido por Yahia Gouasmi, conhecido por suas opiniões antissionistas e seus vínculos com o Irã.

A polícia monitora de perto as atividades do Centro Zahra "pelo forte apoios de seus dirigentes a várias organizações terroristas e a favor de movimentos que apoiam ideias contrárias aos valores da França", afirma o comunicado.

Em seu site, a associação afirma que seu objetivo desde a fundação em 2009 é "divulgar a mensagem do Islã através dos olhos do Profeta e sua família".

A França está em alerta máximo desde 2015, após uma onda de ataques islamitas que mataram 246 pessoas.

* AFP

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJovem consegue fugir em Balneário Camboriú após suspeita de sequestro em Joinville https://t.co/lSKUOpOdsf #LeianoANhá 2 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJovem é libertada em Balneário Camboriú após suspeita de sequestro em Joinville https://t.co/Dh8D450ixA #LeianoANhá 2 horas Retweet

Mais sobre

A Notícia
Busca