Kavanaugh se diz 'independente e imparcial' como candidato ao Supremo - Mundo - A Notícia

Vers?o mobile

 
 

Washington05/10/2018 | 08h44

Kavanaugh se diz 'independente e imparcial' como candidato ao Supremo

AFP
AFP

O polêmico candidato de Donald Trump à Suprema Corte dos Estados Unidos, Brett Kavanaugh, se declarou um juiz "independente e imparcial" nesta quinta-feira, em um artigo incomum publicado no The Wall Street Journal.

"Sou um juiz independente, imparcial", disse Kavanaugh, 53 anos, no artigo publicado no jornal.

No texto, Kavanaugh defendeu sua atuação na semana passada na audiência da Comissão de Justiça do Senado, na qual se defendeu da acusação de agressão sexual contra uma jovem quando era adolescente.

"Meu testemunho na audiência foi forte e apaixonado. Isto porque nego forte e apaixonadamente as alegações contra mim", escreveu Kavanaugh.

A professora universitária Christine Blasey Ford declarou na semana passada que Kavanaugh, bêbado, tentou tirar sua roupa no que ela avaliou como uma tentativa de estupro. O incidente ocorreu em uma festa, quando os dois eram adolescentes.

"Não decido os casos baseado em preferências pessoais ou políticas. Não sou um juiz pró-demandante ou pró-defendido (...). Sou um juiz pró-lei", escreveu Kavanaugh, acrescentando que o Supremo "jamais deve ser visto como uma instituição partidária".

Em sua audiência na semana passada, Kavanaugh chamou a campanha contra sua nomeação de "circo" e "frenesi da esquerda para ter algo, qualquer coisa, para bloquear" sua confirmação.

* AFP

 
A Notícia
Busca