Diretor da OMC pede que tensões comerciais se 'acalmem' - Mundo - A Notícia

Vers?o mobile

 
 

Londres17/10/2018 | 21h54

Diretor da OMC pede que tensões comerciais se 'acalmem'

AFP
AFP

O diretor-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), Roberto Azevêdo, pediu nesta quarta-feira à comunidade internacional para "acalmar" as tensões comerciais, alertando para uma escalada que poderá afetar potencialmente "milhões" de trabalhadores no mundo todo.

Estados Unidos e China travam há meses uma guerra comercial baseada na imposição de tarifas. Além do duelo entre Washington e Pequim, os europeus e outras grandes potências econômicas manifestaram sua preocupação por uma guerra comercial generalizada.

"Uma escalada contínua de tensões traria riscos reais", declarou Roberto Azevedo em um discurso em Londres.

"O impacto poderá ser mais limitado se uma escalada for evitada, mas caso ocorra uma ruptura completa da cooperação comercial internacional haverá um forte aumento das tarifas, o que poderá fazer o crescimento do comércio mundial cair 17% e o PIB mundial, 1,9%", explicou.

Um cenário assim "provocaria importantes perturbações para os trabalhadores, para as empresas e para as comunidades [...]. Milhões de trabalhadores precisariam, potencialmente, encontrar outro trabalho".

"Não podemos nos permitir empreender nesse caminho", insistiu. "Cabe ao conjunto da comunidade internacional contribuir para acalmar as tensões, pelo interesse de todos os nossos cidadãos. Devemos retomar o diálogo, tanto no nível bilateral como dentro da OMC".

* AFP

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A Notícia"Secretário mostrou interesse em manter a alíquota de 3% aos têxteis", diz negociador da Fiesc https://t.co/E5gTdgzMvNhá 4 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaDeputado prepara projeto que proíbe pedágios como o de Bombinhas em SC https://t.co/w8qvz0ZeI0há 4 horas Retweet
A Notícia
Busca