Victoria Beckham e Burberry: estrelas da Semana de Moda de Londres - Mundo - A Notícia

Versão mobile

 

Londres14/09/2018 | 17h30

Victoria Beckham e Burberry: estrelas da Semana de Moda de Londres

AFP
AFP

A Semana de Moda de Londres começa nesta sexta-feira (14) com uma longa lista de atrações liderada por Victoria Beckham, que desfilará pela primeira vez por ocasião do 10º aniversário de sua marca, e Riccardo Tisci, o novo criador da Burberry.

Victoria Beckham estreou nas passarelas de Nova York em 2008, com cautela, sob o olhar intrigado dos especialistas em moda curiosos de ver do que a ex-Spice Girl era capaz.

Dez anos depois, é uma estilista respeitada na liderança de uma empresa avaliada em mais de 100 milhões de euros pela imprensa especializada. E pela primeira vez vai apresentar uma coleção em seu próprio país.

"Há 10 anos, quando Victoria Beckham começou, muitos só a viam como outra famosa querendo fazer moda mas sem nenhuma formação", disse em entrevista à AFP Andrew Groves, professor de Moda da Universidade de Westminster.

Mas "com trabalho duro e determinação, demonstrou que os que a criticavam no início estavam equivocados".

- VB em Piccadilly -

Sabendo que é esperada com grande expectativa, a criadora de 44 anos, especialista no minimalismo chique, contribuiu com o alvoroço nessa semana alugando o famoso outdoor digital de publicidade da Piccadilly Circus, em pleno coração de Londres.

É uma forma para a estilista de mostrar seu sucesso para todos. E de transformar em realidade seu sonho de infância.

"Quando era pequena, meus pais nos traziam a Londres de carro (...) e sempre dirigiam em torno da Piccadilly Circus. Me lembro que olhava para cima e pensava: 'que genial seria ver literalmente seu nome escrito com letras luminosas'", disse em um entrevista ao jornal The Telegraph.

O desfile, previsto para domingo, deve atrair várias estrelas e outros famosos, começando pela família Beckham -seu marido David e seus quatro filhos-, mas também, "vamos cruzar os dedos, algumas Spice Girls na primeira fila", disse animada em entrevista na revista Vogue.

O outro momento forte dessa Semana de Moda, dedicada às coleções primavera-verão 2019, será a primeira coleção do italiano Riccardo Tisci para a Burberry.

O ex-estilista da Givenchy substituiu em março Christopher Bailey. Sua chegada é uma amostra da vontade de renovação da famosa marca inglesa, que no ano passado foi comprada por Marco Gobbetti, outro italiano, após uma queda nos resultados financeiros.

A Burberry confia nesse estilista de 44 anos, especialista do streetwear de luxo, para reforçar sua presença no pódio da moda.

Sua "visão criativa vai reforçar nossa ambição para Burberry e posicionará a marca de forma firme no mundo do luxo", disse Gobbetti.

- Sem peles -

"Tisci parece a escolha adequada para Burberry", analisa em entrevista à AFP Naomi Braithwaite, professora de Moda na Nottingham Trent University.

"Não tem medo de assumir riscos criativos e inovar, características que sustentam a filosofia da Burberry nesses últimos anos", explica.

Originário de Tarento, cidade portuária do sul da Itália, graduado na famosa escola de moda londrina Central Saint Martins, Tisci já começou a deixar sua marca mostrando recentemente no Instagram o novo logotipo da Burberry: um "B" branco entrelaçado com linhas vermelhas que formam as iniciais de Thomas Burberry, fundador da marca em 1856.

O desfile acontece em 17 de setembro às 17h00 locais (13h00 de Brasília). Dezessete é o número fetiche do estilista, que aos 17 anos se mudou para Londres em busca do sucesso na moda.

Nessa sexta-feira, a Semana de Moda deu chance à cor, que dominou o desfile do jovem irlandês Richard Malone, de 26 anos, com tons ácidos de amarelo, rosa e menta, e primaverais de lavanda e anis, no caso do turco Bora Aksu.

No desfile da Nicopanda, marca de Nicola Formichetti, que já foi estilista de Lady Gaga e criador de seu famoso vestido feito com pedaços de carne, a escolha foi o sportwear e lantejoulas, com inspiração na cultura pop dos anos 1990.

No domingo, a Semana de Moda de Londres será palco da segunda coleção apresentada na Europa pela marca espanhola Delpozo -que até o ano passado desfilava em Nova York- sob a batuta do estilista catalão Josep Font.

O tradicional espaço para novos talentos está garantido, começando com Jonathan Anderson, diretor criativo da marca de luxo espanhola Loewe, considerado um dos mais criativos de sua geração, que mostrará no sábado a nova linha da marca própria, J.W. Anderson.

Para a alegria dos defensores dos animais, durante os cinco dias de desfiles não se verá peles de animais, reflexo da evolução do setor diante de um público cada vez mais sensibilizado.

* AFP

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaHomem é morto a tiros na zona Norte de Joinville  https://t.co/HO0qe3acln #LeianoANhá 8 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaHomem é morto a tiros na zona Norte de Joinville  https://t.co/UNIZTsJHCz #LeianoANhá 20 minutosRetweet
A Notícia
Busca