Macron, May e Trudeau querem todas as meninas na escola em 2030 - Mundo - A Notícia

Versão mobile

 

Nações Unidas26/09/2018 | 01h20

Macron, May e Trudeau querem todas as meninas na escola em 2030

AFP
AFP

Emmanuel Macron, Theresa May e Justin Trudeau se comprometeram nesta terça-feira, na ONU, em colocar todas as meninas do planeta na escola até 2030, especialmente na África, onde ainda existem muitos obstáculos para sua escolarização.

"Hoje há 130 milhões de meninas que não vão à escola no mundo", destacou a primeira-ministra britânica enquanto participava de uma conferência na Assembleia Geral da ONU com o presidente francês e com o premier canadense.

Os três dirigentes anunciaram que a Aliança Global para a Educação se beneficiará de um fundo de 2,5 bilhões de dólares, com contribuições dos três países e também dos Emirados Árabes, Noruega e Holanda.

Esta associação, lançada em 2002, age em cerca de 60 países em desenvolvimento para fortalecer as estruturas de educação.

"É um enorme desafio", declarou Emmanuel Macron, "porque 440 milhões de crianças africanas deverão estar escolarizados" até 2030.

Destacando que 63% dos adultos analfabetos no mundo são mulheres, o presidente francês admitiu que ainda restam muitos "obstáculos" para a escolarização das meninas, da pobreza à gravidez, da violência sexual às normas sociais que "seguem sendo restritivas".

* AFP

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaConfira o obituário de 17 de outubro de 2018 https://t.co/LaiPGSsZAz #LeianoANhá 8 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaSuspeito de roubar motorista de aplicativo e manter a ex-mulher de refém é preso em Joinville https://t.co/aqrgBMyeAo #LeianoANhá 3 horas Retweet
A Notícia
Busca