Explosões de gás e incêndios matam uma pessoa e fazem feridos na região de Boston - Mundo - A Notícia

Versão mobile

 

Nova York14/09/2018 | 12h50

Explosões de gás e incêndios matam uma pessoa e fazem feridos na região de Boston

AFP
AFP

Um adolescente morreu e 25 pessoas ficaram feridas em três explosões de gás e mais de 60 incêndios que afetaram milhares de residências na quinta-feira à noite na região de Boston, informou o governador de Massachusetts.

Bombeiros, policias e socorristas trabalharam durante toda a madrugada atendendo feridos, evacuando 8.600 casas afetadas nas localidades de Lawrence, Andover e North Andover e inspecionando e fechando as tubulações de gás.

O vítima fatal era um jovem de 18 anos que estava em um veículo quando uma das explosões fez com que uma chaminé caísse sobre o carro.

"O incidente foi traumático", declarou o governador de Massachusetts, Charlie Baker, em coletiva de imprensa. "Os responsáveis devem prestar contas".

"O foco continua sendo a segurança pública", afirmou, pedindo "paciência" aos moradores. Antes de voltar para casa, as pessoas devem se assegurar que não há mais riscos.

Muitos moradores voltaram do trabalho na quinta-feira e encontraram suas casas em chamas. Dezenas de imóveis foram destruídos pelo fogo.

"Foi como o Armageddon", declarou ao Boston Globe Garry Frizzell, de 51 anos, morador de North Andover.

Frizzell relatou que sentiu cheiro de gás em sua casa às 16h45 de quinta-feira. "Pensei que tivesse deixado o fogão acesso, mas logo me dei conta que fazia três dias que não usava o fogão".

As autoridades investigam um excesso de pressão em uma grande canalização da Columbia Gas, a companhia que fornece gás a 50.000 clientes na localidade de Lawrence e seus arredores, informou o Boston Globe.

A empresa realiza atualmente obras para modernizar as linhas de gás natural na zona.

Columbia Gas indicou nesta sexta em um comunicado que "trabalha com as autoridades competentes para investigar este incidente a fim de esclarecer as causas".

Entre as agências federais que investigam o incidente figura a National Transportation Safety Board, que além da segurança nos transportes supervisiona os gasodutos.

As escolas das três localidades - onde vivem um total de 100.000 pessoas - não abriram nesta sexta, assim como os tribunais e vários serviços públicos.

* AFP

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJEC/Krona confirma renovação de contrato de mais três atletas https://t.co/tD2ljgc7Rv #LeianoANhá 9 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaConfira o obituário de 16 de novembro de 2018 https://t.co/mXZmoukky1 #LeianoANhá 9 horas Retweet
A Notícia
Busca