Erdogan pede que turcos fortaleçam a moeda local e fala de 'guerra comercial' - Mundo - A Notícia

Versão mobile

 

Istambul10/08/2018 | 09h35

Erdogan pede que turcos fortaleçam a moeda local e fala de 'guerra comercial'

AFP
AFP

O presidente turco Recep Tayyip Erdogan pediu nesta sexta-feira a seus compatriotas que troquem suas moedas estrangeiras para fortalecer a lira turca, afirmando que se trata de uma "luta nacional contra a guerra econômica" declarada, segundo ele, contra Ancara.

"Se vocês têm dólares, euros ou ouro debaixo do colchão, vão aos bancos trocá-los por liras turcas. É uma luta nacional", afirmou Erdogan em um discurso televisionado em Bayburt (nordeste).

A lira turca registrou nesta sexta um novo mínimo histórico em comparação ao dólar, após uma forte desvalorização em um momento de tensão diplomática entre Estados Unidos e Turquia, além de temores pela exposição de grandes bancos europeus.

A lira turca perdeu mais de um terço de seu valor em relação ao dólar e ao euro no decorrer do ano.

A queda acontece algumas horas antes de um aguardado discurso do ministro das Finanças do país, Berat Albayrak, genro do presidente Recep Tayyip Erdogan, durante o qual apresentará um "novo modelo econômico" para a Turquia.

O presidente turco afirmou na quinta-feira que a desvalorização da lira era uma consequência de "campanhas", mas não entrou em detalhes.

"Eles têm dólares, nós temos nosso povo, temos o direito e temos Alá", afirmou Erdogan.

O jornal Financial Times afirma que o Banco Central Europeu (BCE) está preocupado com as consequências da crise para alguns bancos europeus que mantêm negócios na Turquia

* AFP

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaAlpinista expõe fotos captadas nas maiores montanhas do mundo em Jaraguá do Sul https://t.co/t2MFzRQNY3 #LeianoANhá 5 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaCurtas-metragens internacionais serão exibidos no Museu de Arte de Joinville e CEU do Aventureiro https://t.co/X7WnuH0lMm #LeianoANhá 5 horas Retweet

Mais sobre

A Notícia
Busca