Três ministros e assessor de Trump se reunirão no México com López Obrador - Mundo - A Notícia

Versão mobile

 

México10/07/2018 | 20h53

Três ministros e assessor de Trump se reunirão no México com López Obrador

AFP
AFP

Três secretários americanos e um conselheiro do presidente Donald Trump se reunirão na próxima sexta-feira com o presidente eleito do México, Andrés Manuel López Obrador, no antigo casarão da capital que utiliza como escritório, informou o próximo presidente nesta terça-feira (10).

"Agradecemos a atitude respeitosa do presidente Donald Trump e o interesse de que haja entendimento entre os povos e os governos de México e Estados Unidos", declarou López Obrador a jornalistas.

Além do secretário de Estado, Mike Pompeo, cuja reunião com o novo presidente já havia sido anunciada há uma semana, o encontro terá o conselheiro e genro de Trump, Jared Kushner; a secretária de Segurança Nacional, Kirstjen Nielsen; e o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, entre outros funcionários de alto escalão.

López Obrador, conhecido popularmente como AMLO (as iniciais de seu nome), destacou a presença de Mnuchin como um indício de que Washington "viu com bons olhos a proposta de basear nossa relação no desenvolvimento".

Trump e López Obrador conversaram por telefone um dia depois da vitória eleitoral do mexicano, que disse ter lhe proposto "um acordo integral de projetos de desenvolvimento" que gerem empregos, alcançando, com isso, a redução da emigração ilegal e a melhoria da segurança.

"É uma delegação do mais alto nível, o que é um bom sintoma, um bom sinal", destacou Marcelo Ebrard, proposta de López Obrador para chanceler.

"O que importa aqui é que trata-se de uma visita aos escritórios do virtual presidente eleito do México e isso tem um alto valor pelo que envolve", acrescentou.

Da reunião, que acontecerá entre 13h00 e 14h00 locais, também participarão os futuros ministros da Fazenda, Economia e Segurança Pública mexicanos, assim como o proposto chefe negociador do Tratado de Livre-Comércio da América do Norte da nova administração.

O local da reunião, a chamada "casa de transição" de López Obrador, é um casarão no bairro boêmio Roma Norte, localizado em uma rua estreita cercada por casas de classe média e pequenas empresas.

"Meu escritório está aqui atrás, não é muito grande, porque o próximo governo não terá escritórios luxuosos, vai acabar com toda a parafernalha do poder, será um governo simples", respondeu López Obrador consultado sobre a capacidade do recinto para receber a comitiva.

López Obrador nega usar a ostentosa guarda presidencial mexicana, assim como viver na residência oficial, fiel ao compromisso de austeridade que fez em campanha.

* AFP

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaVeja como fica o trânsito na rua  Ottokar Doerffel a partir deste sábado em Joinville https://t.co/LAfKnrQi5n #LeianoANhá 51 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaEventos orientam população sobre TV digital em Jaraguá do Sul https://t.co/Bz1uDGuJwW #LeianoANhá 1 horaRetweet

Mais sobre

A Notícia
Busca