Itália não tem planos de sair da zona do euro, garante Paolo Savona - Mundo - A Notícia

Versão mobile

 

Roma12/06/2018 | 20h06

Itália não tem planos de sair da zona do euro, garante Paolo Savona

AFP
AFP

O ministro italiano de Assuntos Europeus, Paolo Savona, recusado para ocupar a pasta de Finanças pelo presidente italiano devido ao seu euroceticismo, afirmou nesta terça-feira (12) não ter um "plano B" para tirar seu país da zona do euro.

"Como devo dizer? Não existe um plano B, nunca pedi para sair do euro", garantiu, em um encontro com a imprensa estrangeira em Roma.

"O que mais vocês querem? Quantas vezes tenho que repetir? (...) É 'não', é isso. Está claro? Minha posição é clara", reiterou o homem, cuja nomeação originou a crise política mais grave vivida pela Itália nos últimos anos.

Contudo, em seu último livro, apresentado nesta terça à imprensa estrangeira, Savona afirmar ser necessário "preparar um plano B para sair do euro se formos obrigados, quer queiramos ou não".

O economista de 81 anos, ex-ministro da Indústria nos anos 1990, também negou toda hostilidade com a Alemanha, mas reafirmou seu direito a criticar o país.

Suas críticas ao euro e à Alemanha lhe renderam, no fim de maio, o veto do presidente italiano Sergio Mattarella à proposta da Liga (extrema direita) e do Movimento 5 Estrelas (M5S, antissistema) de nomeá-lo Ministro das Finanças.

Ele acabou sendo nomeado na pasta de Assuntos Europeus.

* AFP

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaHomem que matava e roubava bois na zona rural de Joinville é preso https://t.co/p0LFsxruT7 #LeianoANhá 1 horaRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJEC chega a acordo com o Internacional para pagamentos do volante Anselmo https://t.co/PW1v4njOzE #LeianoANhá 1 horaRetweet

Mais sobre

A Notícia
Busca