Central sindical argentina declara greve geral contra Macri e FMI - Mundo - A Notícia

Versão mobile

 

Buenos Aires12/06/2018 | 19h46

Central sindical argentina declara greve geral contra Macri e FMI

AFP
AFP

A central sindical majoritária Confederação Geral de Trabalhadores (CGT) anunciou nesta terça-feira (12) a realização de uma greve geral na Argentina na segunda-feira, 25 de junho, em rechaço à política econômica do presidente Mauricio Macri, que recentemente assinou um acordo com o FMI.

"Vamos levar adiante uma medida de força de 24 horas, sem mobilização nas ruas. A situação dos setores mais vulneráveis, trabalhadores, aposentados e desocupados é cada vez mais alarmante" disse em coletiva de imprensa um dos líderes sindicais, Héctor Daer.

A greve será a terceira contra o governo Macri desde que assumiu, em dezembro de 2015. A economia está em cheque devido a uma crise de confiança nos mercados, agravada pela inflação que os consultores projetam em 30% neste ano, com atividade econômica em claro desaquecimento.

"Nós nos opomos ao veto da redução tarifária", disse um comunicado da CGT, referindo a anulação, por Macri, de uma lei aprovada pelo Congresso para reduzir os "tarifaços" de 26% a 53% sobre as contas de eletricidade, gás e água, diante de um limite anual de 15% sobre aumentos salariais.

Sindicatos de funcionários públicos, professores e caminhoneiros farão, nesta quinta-feira, uma paralisação de 24 horas em rejeição à política econômica e vão se unir à greve do dia 25.

O protesto acontece em meio a uma profusão de paralisações e marchas de organizações sociais e políticas que reclamam mudanças na política econômica.

* AFP

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaBasquete Joinville estreia nesta segunda-feira contra o Botafogo https://t.co/be6DnzbS3a #LeianoANhá 1 horaRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaOuro no Pan-Americano, Franck Caldeira foi o grande campeão da Corrida 62BI Joinville neste domingo https://t.co/j8FIdWG5o8 #LeianoANhá 11 horas Retweet
A Notícia
Busca