Advogado de 'El Chapo' diz que seu cliente não colaborará com EUA - Mundo - A Notícia

Vers?o mobile

 
 

Nova York26/06/2018 | 15h11

Advogado de 'El Chapo' diz que seu cliente não colaborará com EUA

AFP
AFP

O chefe do narcotráfico mexicano Joaquín "El Chapo" Guzmán não se declarará culpado de nenhum crime nem colaborará com as autoridades americanas, assegurou nesta terça-feira (26) o seu advogado, refutando rumores após uma audiência prévia ao seu julgamento no tribunal do Brooklyn.

Os advogados de "El Chapo", preso há um ano e meio em Nova York, buscam que a Procuradoria entregue evidências que mostrariam que o acusado de 17 crimes, entre eles liderar o cartel de Sinaloa durante 25 anos e transportar ao menos 200.000 kg de cocaína aos Estados Unidos, na realidade não era o chefe máximo dessa organização.

Na sua opinião, essa evidência absolve "El Chapo" da maior acusação contra ele antes do julgamento que deve começar em 5 de setembro.

Desmentindo rumores que correm sobre uma possível colaboração de "El Chapo" com o governo americano, Balarezo disse à imprensa que "Guzmán não irá se declarar culpado e não irá colaborar com as autoridades".

A procuradora Andrea Goldbarg assegurou que não importa se "El Chapo" era um chefe de médio escalão ou chefe máximo do cartel.

O advogado de "El Chapo" também exige ao juiz que o julgamento ocorra no tribunal federal de Manhattan e não na corte do Brooklyn.

Atualmente, cada vez que "El Chapo" deve ir ao tribunal, as autoridades fecham a ponte do Brooklyn, colocam uma caravana policial de 10 carros blindados, ambulâncias e helicópteros, "um circo" que o mostra à opinião pública como um homem "perigoso", na opinião de Balarezo.

O juiz Brian Cogan disse que ainda precisa de tempo para analisar as moções e fixou a próxima audiência para 14 de agosto.

Se for considerado culpado, pode ser condenado à prisão perpétua.

Desde que foi extraditado aos Estados Unidos, em 19 de janeiro de 2017, seus advogados protestaram por seu isolamento quase extremo e asseguraram que sua saúde piorou.

O juiz considera que o processo, que analisará 300.000 páginas de evidência, durará quatro meses.

* AFP

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJEC define novo treinador para a sequência da Série D https://t.co/ouk2Y15x1Khá 1 horaRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A Notícia15º EPPA terá mais de 12 horas de programação neste sábado em Joinville https://t.co/nsaL4CDvaJhá 1 horaRetweet
A Notícia
Busca