Manila veta entrada de político europeu crítico do presidente filipino - Mundo - A Notícia

Versão mobile

 

Manila16/04/2018 | 06h42

Manila veta entrada de político europeu crítico do presidente filipino

AFP
AFP

O governo das Filipinas vetou a entrada em seu território do representante de um partido europeu crítico do presidente Rodrigo Duterte.

A polícia de fronteira deteve Giacomo Filibeck, secretário-geral adjunto do Partido dos Socialistas Europeus, no domingo em Cebu, região central do arquipélago.

O italiano foi expulso por "atividades políticas ilegais", anunciou o partido.

Filibeck viajou às Filipinas para participar de um congresso, por convite do partido opositor Akbayan, que criticou a decisão do governo.

O socialista foi um dos políticos europeus que condenou as "execuções extrajudiciais" de milhares de pessoas na guerra contra as drogas de Duterte.

Desde que chegou ao poder em 2016, o presidente filipino iniciou uma campanha violenta contra o narcotráfico.

A polícia afirma que matou 4.100 viciados e supostos traficantes, mas ativistas dos direitos humanos afirmam que é necessário multiplicar este número por três,

* AFP

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaWagner Lopes deve manter a mesma base do JEC contra o Blumenau  https://t.co/g4NaaQkrnV #LeianoANhá 10 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaMulher morre após acidente na Serra Dona Francisca, em Joinville https://t.co/Cn5AtePspn #LeianoANhá 10 horas Retweet
A Notícia
Busca