Jornalistas do Equador foram assassinados na Colômbia e corpos continuam lá - Mundo - A Notícia

Versão mobile

 

 

Quito15/04/2018 | 15h37

Jornalistas do Equador foram assassinados na Colômbia e corpos continuam lá

AFP
AFP

Os dois jornalistas e o motorista sequestrados no Equador em 26 de março foram assassinados do lado colombiano da fronteira e seus corpos continuam lá, afirmou neste domingo (15) o ministro equatoriano do Interior, César Navas.

"Estavam em território colombiano e estão em território colombiano", afirmou Navas em uma entrevista ao canal internacional NTN24.

A equipe de imprensa do jornal "El Comercio" esteve em poder de rebeldes dissidentes da ex-guerrilha colombiana das Farc, que os executaram em cativeiro.

"Foram assassinados em território colombiano", sustentou o ministro.

Na sexta-feira, o presidente equatoriano, Lenín Moreno, confirmou o assassinato e lançou com a Colômbia uma caçada contra os responsáveis, enquanto deixou nas mãos do Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) a recuperação dos corpos.

Essa operação transcorre em segredo e não tem data prevista de término.

"Essas coordenações estão sendo feitas com o governo colombiano, sem data alguma", disse Navas.

Desde que ocorreu o sequestro em Mataje, localidade equatoriana na fronteira com a Colômbia, os dois governos forneceram informações contraditórias sobre o local para onde os reféns foram levados e onde foram executados.

A equipe composta por Javier Ortega (32 anos), o fotógrafo Paúl Rivas (45) e o motorista Efraín Segarra (60) estava fazendo uma reportagem sobre a violência enfrentada pelo Equador quando caíram nas mãos do grupo Oliver Sinisterra, comandado por Walter Artízala, apelidado Guacho.

Os reféns foram obrigados a gravar um vídeo que foi divulgado em 3 de abril, no qual pediam um acordo com os sequestradores que incluía sua troca por membros dessa organização presos no Equador. Foi a última vez que foram vistos com vida.

Na quinta-feira, os sequestradores enviaram fotos que mostravam os dois jornalistas e o motorista acorrentados e mortos a tiros.

* AFP

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaConfira lista com vagas de emprego disponíveis nesta semana em Joinville https://t.co/Vv427mpOjB #LeianoANhá 1 horaRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaHomem é encontrado morto dentro de cela na Central de Polícia de Joinville https://t.co/rknZFUXerK #LeianoANhá 5 horas Retweet

Mais sobre

A Notícia
Busca