UE espera anúncio de Trump sobre possível isenção de tarifas na siderurgia - Mundo - A Notícia

Versão mobile

 

 

Bruxelas22/03/2018 | 07h55

UE espera anúncio de Trump sobre possível isenção de tarifas na siderurgia

AFP
AFP

A União Europeia (UE) espera ser poupada pelo presidente americano, Donald Trump, das novas tarifas às importações de aço e de alumínio - afirmou a comissária europeia do Comércio, Cecilia Malmström, nesta quinta-feira (22), em seu retorno de uma visita a Washington.

"Esperamos ser excluídos esta noite, ou esta tarde", disse Malmström na Comissão de Comércio Internacional da Eurocâmara, expressando sua confiança em que, após a reunião com o secretário americano do Comércio, Wilbur Ross, ele recomende a Trump "a exclusão da UE".

Apesar das advertências de seus sócios comerciais, Trump confirmou sua decisão, no início de março, de impor pesadas tarifas às importações de aço (25%) e de alumínio (10%).

E, diante de sua entrada em vigor em 23 de março, a UE busca desde então ser isentada por Washington, assim como aconteceu com México e Canadá, enquanto durar o Acordo de Livre-Comércio da América do Norte (Nafta, na sigla em inglês).

Uma fonte europeia disse que Ross, um forte partidário das políticas protecionistas de Trump, havia concordado com a isenção, que poderia ser temporária, assim como o presidente.

Em um comunicado conjunto, Ross e Malmström anunciaram ontem que "concordaram em começar imediatamente um processo de discussão (...) sobre assuntos comerciais de preocupação comum, incluindo o aço e o alumínio".

Primeira economia da UE, a Alemanha está, de fato, na mira de Trump desde sua chegada ao poder por seu excedente comercial (21,3 bilhões de euros em janeiro, ou 26,245 bilhões de dólares) e por seu insuficiente gasto militar - na avaliação do americano - na Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan).

Caso as medidas sejam, enfim, adotadas, a resposta do bloco europeu passa por sobretaxar as tarifas de dezenas de produtos emblemáticos americanos, assim como por medidas de salvaguarda para proteger a indústria siderúrgica europeia e por uma eventual demanda na Organização Mundial do Comércio (OMC).

O presidente Donald Trump deve anunciar nesta quinta-feira novas sanções comerciais contra a China, a qual acusa de roubar direitos de propriedade intelectual de empresas americanas.

* AFP

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJEC perde por 3 a 0 para o Tombense fora de casa pela Série C https://t.co/WqJ10OuvHl #LeianoANhá 11 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaCarreta carregada com leite tomba na BR-101, em Joinville https://t.co/XNtbd8Eu9m #LeianoANhá 18 horas Retweet
A Notícia
Busca