Trump volta a atacar investigação sobre as eleições na Rússia - Mundo - A Notícia

Versão mobile

 

Washington18/03/2018 | 12h30

Trump volta a atacar investigação sobre as eleições na Rússia

AFP
AFP

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, considerou novamente injusta a investigação do procurador-especial e ex-chefe do FBI, Robert Mueller, sobre a intromissão eleitoral da Rússia, insistindo neste domingo em que a mesma é impulsionada por democratas "endurecidos".

"Alguém acha que isso é justo? E, no enatnto, NÃO HÁ CONLUIO!" entre sua equipe de campanha e o governo russo, reiterou Trump no Twitter.

Esta é a última manifestação de um confronto cada vez mais intenso sobre a investigação de Mueller sobre o suposto conluio entre a equipo de Trump e a Rússia para influenciar a seu favor nas eleições de 2016.

"Por que a equipe de Mueller tem 13 democratas endurecidos, alguns grandes partidários da desonesta Hillary e zero republicanos? Acrescentou recentemente outro democrata", disse Trump.

O presidente também criticou o ex-subdiretor do FBI Andrew McCabe, demitido na sexta-feira, dois dias antes de sua aposentadoria, e o ex-diretor do FBI James Comey, que Trump demitiu no ano passado pela investigação sobre a Rússia.

Até agora, o presidente havia se abstido de atacar Mueller diretamente.

Respeitado em ambas as correntes políticas, Mueller havia sido nomeado chefe do FBI pelo presidente republicano George W. Bush e mantido no cargo pelo presidente democrata Barack Obama.

* AFP

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaHomem cumprindo pena em regime aberto é preso suspeito de roubar loja em Joinville  https://t.co/0AJlTjdZi2 #LeianoANhá 8 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaMil litros de lixo são recolhidos durante caminhada em Joinville https://t.co/3O8Xs0fvpk #LeianoANhá 9 horas Retweet
A Notícia
Busca