Comissão parlamentar não encontra 'evidencia' de conluio entre campanha de Trump e Rússia - Mundo - A Notícia

Versão mobile

 

Washington12/03/2018 | 21h46

Comissão parlamentar não encontra 'evidencia' de conluio entre campanha de Trump e Rússia

AFP
AFP

Uma comissão da Câmara de Representantes dos Estados Unidos, controlada pelos republicanos, anunciou nesta segunda-feira que sua investigação sobre a suposta ingerência russa nas eleições de 2016 não encontrou "evidência de conluio" entre Moscou e a campanha de Donald Trump.

"Não encontramos evidência de conluio, coordenação ou conspiração entre a campanha de Trump e os russos", destaca o relatório preliminar emitido pelo Comitê de Inteligência da Câmara de Representantes, que deve ser contestado pelos membros democratas da comissão.

O painel acatou a conclusão dos serviços de inteligência americanos de que os russos tentaram interferir nas eleições, mas rejeitou a ideia de que Moscou pretendia, especificamente, promover a eleição de Trump.

As conclusões do relatório deverão ser rejeitadas pelos democratas que integram o comitê, que tentarão manter o tema do conluio em evidência.

O texto não menciona o suposto roubo e vazamento por parte dos russos de documentos e contatos embaraçosos de membros da equipe de campanha de Hillary Clinton, adversária democrata de Trump nas eleições de 2016.

"Após mais de um ano, a comissão parlamentar não concluiu a investigação sobre a Rússia e trabalhamos atualmente para terminar nosso relatório", destacou seu presidente, Devin Nunes.

"Esperamos que nossas conclusões e recomendações sejam úteis para melhorar a segurança e a integridade das eleições (legislativas) de 2018".

* AFP

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaConfira o obituário de 1, 2 e 3 de dezembro de 2018 https://t.co/PV6Lzm289T #LeianoANhá 10 diasRetweet
A Notícia
Busca