Sobe para 14 número de mortos por acidente de helicóptero no México - Mundo - A Notícia

Versão mobile

 

 

Santiago Jamiltepec18/02/2018 | 18h19

Sobe para 14 número de mortos por acidente de helicóptero no México

AFP
AFP

O número de mortos no acidente de um helicóptero oficial no México, ocorrido na sexta-feira depois de um forte terremoto, subiu para 14 neste domingo (18).

O helicóptero militar despencou na sexta-feira à noite a poucos metros de tocar terra no povoado de Santiago Jamiltepec, uma zona próxima ao epicentro do sismo de 7,2 graus que horas antes sacudiu vários pontos do centro e do sul do México.

O ministro do Interior, Alfonso Navarrete, o governador de Oaxaca, Alejandro Murat, e outros funcionários do governo viajavam a bordo da aeronave e sobreviveram ao acidente.

Segundo as autoridades, uma nuvem de poeira fez o piloto perder o controle do helicóptero, que despencou sobre uma caminhonete em um campo aberto, onde os residentes locais tinham feito um acampamento para passar a noite ante o medo de que alguma réplica derrubasse suas casas.

O governo informou que o número de mortos subiu de 13 para 14, incluindo um bebê de seis meses e uma menina de 10 anos. O acidente também deixou 15 feridos.

"Havia cerca de 20 pessoas acampando" para se proteger das réplicas sísmicas, mas quando chegou o helicóptero os moradores "se entusiasmaram e sua curiosidade os levou a correr em massa em direção à aeronave", disse à AFP um militar sob anonimato por não estar autorizado a falar sobre o assunto.

As pessoas "não acabaram de digerir o ocorrido e passamos de ser os bons aos maus", continuou o militar.

O ministro da Defesa, Salvador Cienfuegos, viajou a Santiago Jamiltepec para se reunir com as famílias das vítimas, e disse que a secretaria de Defesa "assume totalmente sua responsabilidade".

Prometeu além disso "estar pendente de todos" os habitantes do local. "Estamos tristes e consternados", acrescentou.

O terremoto causou danos relativamente menores, sem vítimas.

A intensidade do sismo causou pânico entre os habitantes do centro e sul do México, devido à lembrança de dois tremores registrados em setembro que deixaram 465 mortos.

* AFP

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaDuas pessoas sofrem tentativa de homicídio na zona Norte de Joinville https://t.co/WVigtP2Wpb #LeianoANhá 1 horaRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaDebate sobre baixa adesão à vacina contra HPV em Joinville chega à Comissão de Saúde da Câmara  https://t.co/gRB0zENMnY #LeianoANhá 15 horas Retweet

Mais sobre

A Notícia
Busca