EUA prometem mais de US$ 1 bilhão por ano à Jordânia - Mundo - A Notícia

Versão mobile

 

Amã14/02/2018 | 16h54

EUA prometem mais de US$ 1 bilhão por ano à Jordânia

AFP
AFP

Os Estados Unidos vão conceder mais de 1 bilhão de dólares de ajuda anual à Jordânia, graças a um acordo assinado nesta quarta-feira em Amã pelo secretário de Estado americano, Rex Tillerson, e seu colega jordaniano, Aymane Safadi.

Com valor de cerca de 1,3 bilhão de dólares ao ano de 2018 até 2022, o acordo aumenta em 275 milhões de dólares a ajuda anual de Washington a um de seus principais aliados no Oriente Médio.

É o primeiro acordo deste tipo entre os dois países desde a chegada de Donald Trump à Casa Branca, há um ano. Ele prevê pelo menos 750 milhões de dólares por ano de ajuda econômica e 350 milhões para o setor militar.

A Jordânia é um dos maiores beneficiários da ajuda americana, com mais de 20 bilhões de dólares recebidos desde 1951.

O reino, desprovido de recursos naturais e com uma dívida que alcança 90% de seu Produto Interno Bruto (PIB), conta ainda com generosos auxílios da União Europeia e da Arábia Saudita.

A acolhida a milhares de refugiados também pesa na economia do país, vizinho da Síria e do Iraque.

Os Estados Unidos ainda alocaram cerca de 1,1 bilhão de dólares em auxílios humanitários destinados aos refugiados sírios na Jordânia.

De acordo com a ACNUR, cerca de 650 mil sírios se refugiaram na Jordânia desde o início do conflito na Síria, em 2011. As autoridades jordanianas afirmam ter recebido 1,3 milhão e estimam em mais de 10 bilhões de dólares o impacto da guerra na Síria sobre a economia do reino.

* AFP

 
A Notícia
Busca