Theresa May descarta pagar por acesso ao setor financeiro da UE - Mundo - A Notícia

Versão mobile

Londres11/01/2018 | 21h10

Theresa May descarta pagar por acesso ao setor financeiro da UE

AFP
AFP

A primeira-ministra britânica, Theresa May, afirmou nesta quinta-feira (11) que se nega a pagar pelo acesso ao mercado financeiro europeu, em um momento em que tenta tranquilizar os atores financeiros da City de Londres sobre a transição pós-Brexit.

May recebeu à tarde em Downing Street, junto ao ministro das Finanças Philip Hammond, quinze de altos executivos do setor financeiro, entre os quais se encontravam o diretor-geral de Barclays, o do Deutsche Bank, o presidente do HSCB e o do Goldman Sachs para Europa.

Foi a primeira reunião desse tipo desde os avanços registrados no final de 2017 nas condições do divórcio entre Londres e Bruxelas.

A primeira-ministra informou aos dirigentes sobre o estado das negociações sobre o Brexit, e prometeu um acordo sobre o período de transição para o final do mês de março, segundo um comunicado publicado por Downing Street ao fim da reunião.

O setor financeiro pede um período de adaptação após o Brexit, programado para o final de março de 2019, com o objetivo de evitar as turbulências relacionadas à passagem à nova relação comercial com a UE.

O encontro com May acontece depois que a Bloomberg publicou um artigo que insinuava que a Alemanha pretendia pedir ao Reino Unido que pague para que as sociedades financeiras possam acessar os mercados europeus após o Brexit.

Downing Street descartou essa possibilidade. "Não pagaremos pelo acesso ao mercado", declarou um porta-voz de May.

* AFP

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaDomingo de futebol: expectativa de bom público no Catarinense 2018 https://t.co/INOjpCoQbj #LeianoANhá 21 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaRegistro de doadores de medula óssea diminui em Santa Catarina https://t.co/LFmypgN9L1 #LeianoANhá 22 horas Retweet
A Notícia
Busca