Exército israelense persegue autores de ataque que matou colono - Mundo - A Notícia

Versão mobile

 

 

Jerusalém10/01/2018 | 13h05

Exército israelense persegue autores de ataque que matou colono

AFP
AFP

O exército israelense mobilizou nesta quarta-feira muitos agentes em torno de Nablus, na Cisjordânia ocupada, para encontrar os autores de um ataque em que matou um colono.

Os militares anunciaram que instalaram postos para controlar as entradas e saídas de Nablus e mobilizaram reforços para participar nas buscas.

No momento, nenhuma prisão foi anunciada.

Rabi Raziel Sheva, de 35 anos, foi morto a tiros na terça-feira quando dirigia seu carro perto do bairro de Havat Gilad, onde morava.

De acordo com a imprensa israelense, um veículo interceptou o colono e seus ocupantes abriram fogo. As autoridades contaram 22 impactos de bala.

As Brigadas Ezedin al-Qasam, o braço armado do Hamas, expressaram sua satisfação com o ataque. O Hamas, grande inimigo de Israel, controla a Faixa de Gaza.

Raziel Sheva será sepultado nesta quarta-feira em Havat Gilad, uma colônia "selvagem", ilegal para o direito internacional e também para o israelense.

jlr/hj/ra/age/mr

* AFP

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaDebate sobre baixa adesão à vacina contra HPV em Joinville chega à Comissão de Saúde da Câmara  https://t.co/gRB0zENMnY #LeianoANhá 13 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaCâmeras particulares serão integradas ao monitoramento público em Joinville https://t.co/t886prcGWl #LeianoANhá 13 horas Retweet

Mais sobre

A Notícia
Busca