Colômbia suspende reinício de diálogo com ELN após ataques - Mundo - A Notícia

Versão mobile

 

Bogota10/01/2018 | 12h55

Colômbia suspende reinício de diálogo com ELN após ataques

AFP
AFP

O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, suspendeu a retomada das conversações de paz com o Exército de Libertação Nacional (ELN) em Quito, previstas para esta quarta-feira, depois dos ataques que foram atribuídos a essa guerrilha.

"Conversei com o chefe da delegação do governo em Quito (Gustavo Bell) para que volte de imediato para avaliar o futuro do processo", afirmou o presidente em um discurso televisionado da sede da presidência, a Casa de Nariño.

Quatro pessoas morreram em meio ações do ELN e outros grupos armados no sudoeste do país, segundo a Defensoria do Povo, que vela pelos direitos humanos.

Na véspera, o ELN anunciou o fim de sua primeira trégua bilateral na Colômbia a partir da meia-noite, embora afirmasse que iria evitar uma escalada do conflito enquanto negociasse com o governo.

O cessar-fogo acabou com queixas mútuas de descumprimento, mas com um fato indiscutível: nos últimos três meses não houve confrontos entre os militares e as tropas rebeldes pela primeira vez em mais de meio século de conflito.

* AFP

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaDia Nacional da Construção Social será realizado neste sábado em Joinville https://t.co/mJY2k8OqIr #LeianoANhá 1 horaRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaDia Nacional da Construção Civil será realizado neste sábado em Joinville https://t.co/LHxENAOVRg #LeianoANhá 2 horas Retweet
A Notícia
Busca