UE e Mercosul fazem novo intercâmbio de ofertas comerciais - Mundo - A Notícia

Versão mobile

Bruxelas05/12/2017 | 19h51

UE e Mercosul fazem novo intercâmbio de ofertas comerciais

AFP
AFP

A União Europeia e o Mercosul revisaram, nesta terça-feira (5), suas ofertas de bens, serviços e compras públicas, mas sem incluir dois produtos sensíveis para os europeus - carne bovina e etanol -, indicaram fontes próximas à negociação.

"Ofertas trocadas", indicou uma fonte do Mercosul, que pediu anonimato, indicando que os europeus não pretendem "voltar a falar de carne bovina e etanol" nesta ocasião.

A França está especialmente preocupada com as concessões feitas por Bruxelas sobre a carne bovina e o etanol, dois produtos muito preocupantes para o Velho Continente, com a esperança de novas oportunidades na América Latina para o setor automobilístico europeu.

"A opinião pública francesa deve ver o acordo em seu conjunto. É a responsabilidade do governo francês, em primeiro lugar, vender esse acordo aos seus cidadãos", afirmou a comissária europeia de Comércio, Cecilia Malmström.

O intercâmbio aconteceu durante uma nova rodada de negociações em Bruxelas, que deve acabar nesta sexta-feira, dias antes do início, em Buenos Aires, da 11ª conferência ministerial da Organização Mundial de Comércio (OMC).

O objetivo é alcançar um acordo antes do fim do ano para anunciá-lo à margem da reunião na capital argentina, mesmo que fosse um acordo político, como o do Japão, antes da conclusão efetiva das negociações.

A fonte indicou que eles estão trabalhando neste sentido. "O que é um anúncio político? (...) O momento em que ambas as partes admitem que o acordo é irreversível", acrescentou a fonte do Mercosul.

Durante uma conferência sobre comércio em Bruxelas, Malmström indicou nesta manhã que as negociações comerciais da UE com o Mercosul podem se estender até o começo do ano que vem.

"Esperamos alcançar [uma conclusão das negociações] não no fim do ano, [mas] no começo do ano que vem, porque investimos muito", declarou Malmström. "Se for alongado até janeiro, ou começo de fevereiro, não é um drama", acrescentou.

Malmström vai participar, com ministros de Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai, de uma reunião no domingo, antes do início da conferência, em Buenos Aires.

"Evidentemente, haverá reuniões com o Mercosul em Buenos Aires" na semana que vem, indicou Malmström. "Talvez, (haja) um anúncio sobre em que ponto estamos".

A Comissão afirmou que pretendia alcançar um acordo político com o Mercosul antes do fim de 2017, sobretudo por causa das eleições presidenciais brasileiras no ano que vem.

* AFP

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaLoetz: 99 Pop, concorrente do Uber, chega a Joinville https://t.co/hEjpWVqeqB #LeianoANhá 1 horaRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaLoetz: 99 Pop, concorrente do Uber, chega a Joinville https://t.co/qp3cElep5v #LeianoANhá 2 horas Retweet
A Notícia
Busca