SpaceX confirma planos de Elon Musk de enviar seu Tesla ao espaço - Mundo - A Notícia

Versão mobile

Miami07/12/2017 | 00h16

SpaceX confirma planos de Elon Musk de enviar seu Tesla ao espaço

AFP
AFP

A empresa aeronáutica SpaceX confirmou na quarta-feira (6) que seu diretor-executivo, Elon Musk, planeja realmente enviar a Marte seu carro elétrico vermelho quando lançar o foguete Falcon Heavy no próximo mês.

Muitos se perguntam se Musk brincou quando, na semana passada, tuitou que tinha o objetivo de mandar seu conversível cor cereja Tesla Roadster ao espaço com a popular canção "Space Oddity" de David Bowie tocando ao fundo.

"O destino é a órbita de Marte. Ficará no espaço profundo durante bilhões de anos ou assim se não explodir na subida", escreveu na sexta-feira passada em sua conta na rede social.

Mas a SpaceX confirmou na quarta-feira à AFP que o plano é real.

Apresentado como "o foguete mais poderoso do mundo", o Falcon Heavy foi projetado para poder transportar um dia tripulação e provisões a locais do espaço profundo, como a Lua ou Marte.

É capaz de enviar à órbita 54 toneladas métricas, o dobro do Delta IV Heavy, o foguete mais potente que existe atualmente.

Na prática, é composto de nove foguetes Falcon juntos e 27 motores Merlin.

O Saturn V, o foguete usado para as missões Apollo lançadas à Lua, podia transportar 118 toneladas em órbita baixa.

A SpaceX destacou que o projeto custará um terço do que custa lançar o Delta IV.

A data do lançamento não foi anunciada, mas a empresa antecipou que será realizada em janeiro de 2018.

O astrônomo Phil Plait, que conseguiu falar diretamente com Musk, contou em seu blog que o empresário prevê enviar seu Tesla a uma órbita elíptica que, no mínimo, o levará à mesma distância que separa a Terra do Sol, e no máximo, até Marte.

* AFP

Lua ou Marte.

É capaz de enviar à órbita 54 toneladas métricas, o dobro do Delta IV Heavy, o foguete mais potente que existe atualmente.

Na prática, é composto de nove foguetes Falcon juntos e 27 motores Merlin.

O Saturn V, o foguete usado para as missões Apollo lançadas à Lua, podia transportar 118 toneladas em órbita baixa.

A SpaceX destacou que o projeto custará um terço do que custa lançar o Delta IV.

A data do lançamento não foi anunciada, mas a empresa antecipou que será realizada em janeiro de 2018.

O astrônomo Phil Plait, que conseguiu falar diretamente com Musk, contou em seu blog que o empresário prevê enviar seu Tesla a uma órbita elíptica que, no mínimo, o levará à mesma distância que separa a Terra do Sol, e no máximo, até Marte.

* AFP

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaServidores municipais que trabalham no recesso entram em greve em Joinville https://t.co/YwrqIBzufT #LeianoANhá 2 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaRejane: professoras de Joinville apresentam estudo inédito na Colômbia  https://t.co/GubXg76Hfc #LeianoANhá 7 horas Retweet
A Notícia
Busca