May: Acordo alcançado sobre Brexit "garante a ausência de uma fronteira dura" na Irlanda - Mundo - A Notícia

Versão mobile

Bruxelas08/12/2017 | 07h41

May: Acordo alcançado sobre Brexit "garante a ausência de uma fronteira dura" na Irlanda

AFP
AFP

A primeira ministra britânica, Theresa May, assegurou nesta sexta-feira que o acordo provisório sobre os termos de separação alcançado entre a Comissão Europeia e o Reino Unido garante a ausência de uma fronteira dura entre Irlanda e a província britânica da Irlanda do Norte.

"Na Irlanda do Norte, garantiremos que não exista uma fronteira dura", disse May durante uma entrevista coletiva em Bruxelas, após se reunir com o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker.

A futura situação na fronteira da Irlanda, um país da UE, e a província britânica da Irlanda do Norte se tornou a questão mais delicada nas discussões de divórcio entre a União Europeia e o Reino Unido.

Segundo o texto do acordo anunciado, o "Reino Unido se compromete a proteger a cooperação entre o Norte e o Sul [da Irlanda, ndlr] e a garantir a ausência de uma fronteira dura".

Embora UE e Londres tenham estado perto de chegar a um acordo na segunda-feira, os sócios unionistas norte-irlandeses do DUP, com deputados sem os quais May perderia o governo, frearam as negociações, fazendo a líder britânica voltar de mãos vazias.

O partido era contrário a um tratamento especial acordado com a província britânica para evitar a instauração de uma fronteira com a Irlanda e pelo qual, na prática, a Irlanda do Norte permanecia de algum modo na união aduaneira e no mercado único europeu.

No texto de compromisso, a UE e o Reino Unido se comprometem a respeitar o Acordo da Sexta-Feira Santa, de 1998, um tratado de paz que pôs fim a 30 anos de violentos confrontos entre nacionalistas e unionistas norte-irlandeses.

Londres se compromete assim a encontrar um caminho para evitar o estabelecimento de uma "fronteira dura" na ilha da Irlanda "no contexto das relações gerais" entre a UE e o Reino Unido.

Se isso se mostrar impossível, Londres "manterá uma alienação completa com as regras do mercado único e com a união aduaneira", consideradas cruciais para o acordo da Sexta-Feira Santa.

Também fazem uma concessão importante para o DUP, especificando no texto que o Reino Unido "continuará respeitando e apoiando plenamente a posição da Irlanda do Norte como parte integral do Reino Unido".

* AFP

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaPM forma turma de mais de 100 soldados em Joinville https://t.co/xCYLIE5lPq #LeianoANhá 3 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaQuatro catarinenses estão no mesmo pote do sorteio dos jogos da Copa do Brasil https://t.co/RKjgNpLt1a #LeianoANhá 4 horas Retweet
A Notícia
Busca