GE anuncia corte de milhares de vagas e venda de ativos - Mundo - A Notícia

Versão mobile

Nova York13/11/2017 | 14h07

GE anuncia corte de milhares de vagas e venda de ativos

AFP
AFP

Em dificuldades, a General Electric (GE) anunciou nesta segunda-feira (13) que concentrará sua atividade em três setores (Aeronáutica, Saúde e Energia), suprimindo milhares de empregos, para reduzir custos.

A fabricante de motores de avião e de turbinas também venderá suas atividades no setor de transportes e de serviços de eletricidade, além de 20 bilhões de dólares em ativos.

Também deve se desligar do grupo de serviços petroleiros americanos Baker Hughes, o qual controla. Essa separação não poderá, contudo, ser concretizada antes de 2019.

O novo plano vai resultar em uma GE "mais simples e focada", disse o CEO John Flannery.

"A complexidade nos prejudicou", acrescentou.

A GE vai fechar centros de pesquisa e desenvolvimento no Rio de Janeiro, em Xangai e em Munique, mantendo apenas os de Nova York e de Bangalore (Índia).

As decisões são acompanhadas de um tratamento de austeridade, que inclui a eliminação de milhares de empregos, apesar de a GE não ter especificado o número de vagas, ou as regiões envolvidas.

Já se sabe que seu braço GE Power, que inclui a Alstom, será alvo de uma grande revisão para fazer frente à evolução do mercado de energia.

A empresa também espera reduzir a cifra de pessoal em cerca de 24 mil assalariados. O conselho de administração não será poupado: sua composição passará para 12 membros, em vez de 18, a partir de abril de 2018.

A remuneração dos dirigentes será ligada, a partir de agora, ao desempenho da empresa e das ações, explicou Flanney, durante uma apresentação aos investidores em Nova York.

Em junho, a General Electric anunciou que o CEO Jeff Immelt iria se aposentar e seria substituído pelo veterano na companhia, John Flannery.

O novo CEO assumiu a empresa em 1º de agosto, com a missão de desencalhar a GE, que já se livrou, nos últimos anos, entre outros ativos, dos estúdios de cinema Universal, da emissora de televisão NBC e de ativos financeiros.

O conglomerado industrial americano General Electric pagará 12 centavos por ação, em vez de 24 como estava previsto, durante o trimestre em curso, informa um comunicado divulgado hoje.

A capitalização da GE na Bolsa registrou queda de mais de 100 bilhões de dólares desde janeiro.

Em 2009, afetado por sua filial financeira GE Capital, o grupo adotou uma medida similar, que o CEO da época, Immelt, considerou mais tarde a "pior decisão" tomada em seus 16 anos de gestão.

* AFP

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaMotorista colide contra viatura da PM na área Central de Joinville https://t.co/VpBrz0U5aa #LeianoANhá 8 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaDois homens morrem após ação de combate ao tráfico de drogas em Araquari https://t.co/ug6GIjF79N #LeianoANhá 9 horas Retweet
A Notícia
Busca