China respeita renúncia de seu "bom amigo" Mugabe - Mundo - A Notícia

Versão mobile

 

 

Pequim22/11/2017 | 07h02

China respeita renúncia de seu "bom amigo" Mugabe

AFP
AFP

A China afirmou nesta quarta-feira que respeita a decisão de Robert Mugabe de renunciar como presidente do Zimbábue e prometeu continuar as relações "amistosas" com o país, que apoiou durante seu governo autoritário.

O gigante asiático se tornou um importante sócio político e econômico do regime de Mugabe à medida que o Ocidente se afastava do veterano presidente pelas violações dos direitos humanos cometidas por seu governo.

Mas a China evitou assumir uma posição desde que os militares assumiram o controle do país e colocaram Mugabe em prisão domiciliar na semana passada.

O porta-voz do ministério das Relações Exteriores, Lu Kang, elogiou Mugabe, de 93 anos, por suas "contribuições históricas" para a independência do Zimbábue e seu compromisso com a amizade entre os dois países.

"A China respeita a decisão do Sr. Mugabe de renunciar", afirmou Lu Kang.

"Continua sendo um bom amigo do povo chinês", completou.

jug-lth/rld/kaf/ra.zm/fp

* AFP

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaApesar do tropeço, Márcio Fernandes diz ter saído esperançoso com o JEC https://t.co/thcC0Jlxea #LeianoANhá 12 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaManifestantes vão às ruas para apoiar greve dos caminhoneiros no Norte de SC https://t.co/dD2ulANgjv #LeianoANhá 12 horas Retweet

Mais sobre

A Notícia
Busca