Tensão prossegue em cidade americana de St. Louis após absolvição de policial - Mundo - A Notícia

Versão mobile

Chicago17/09/2017 | 15h58

Tensão prossegue em cidade americana de St. Louis após absolvição de policial

AFP
AFP

A cidade americana de St. Louis permanece neste domingo sob tensão após a absolvição de um policial branco pela morte de um homem negro, veredicto que provocou manifestações e violência, levando ao cancelamento de dois shows programados para este fim de semana.

No sábado à noite, muitas vitrines foram destruídas ao final de uma manifestação pacífica. Pelo menos nove pessoas foram presas, de acordo com a polícia da cidade e do condado, além das cerca de 30 prisões feitas na sexta-feira.

"No sábado à noite, delinquentes decidiram lançar pedras e quebrar as vitrines, acreditando que poderiam fazê-lo na impunidade, estavam errados e nossa polícia os pegou, os algemou e jogou na cadeia", declarou o governador do Missouri, Eric Greitens.

Os manifestantes, denunciando um racismo institucional, anunciaram que pretendem realizar ações de bloqueio e manifestações durante vários dias contra o veredicto de absolvição do policial na sexta-feira.

O caso recebeu grande atenção a nível nacional, após vários casos de negros mortos em circunstâncias problemáticas por policiais brancos.

Na sexta-feira, Timothy Wilson, juiz de St. Louis, absolveu o ex-oficial Jason Stockley das acusações de assassinato de Anthony Lamar Smith, um suposto traficante de drogas morto em uma perseguição policial.

Wilson considerou que a Promotoria não havia conseguido demonstrar, sem deixar qualquer dúvida, que o policial não agiu em legítima defesa.

Stockley garantiu ter visto Lamar Smith tentando pegar um revólver de seu carro. No entanto, a arma não aparece nas imagens da câmera instalada na viatura, nas que foram feitas por celular por uma testemunha, nem nas da câmera de vigilância de um restaurante próximo.

Uma nova manifestação está prevista para este domingo, desta vez em frente à sede da polícia no centro da cidade, de acordo com USA Today.

A famosa banda de rock irlandesa U2 cancelou seu show de sábado à noite em St. Louis, depois de ter sido informada de que a polícia não teria meios de garantir a segurança para esse tipo de evento. No domingo, o show do cantor britânico Ed Sheeran foi cancelado pelas mesmas razões, anunciou o organizador Messing Touring Group.

* AFP

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaMotorista colide contra viatura da PM na área Central de Joinville https://t.co/VpBrz0U5aa #LeianoANhá 57 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaDois homens morrem após ação de combate ao tráfico de drogas em Araquari https://t.co/ug6GIjF79N #LeianoANhá 1 horaRetweet
A Notícia
Busca