ONU denuncia violação de direitos humanos por agentes russos na Crimeia - Mundo - A Notícia

Versão mobile

Genebra25/09/2017 | 08h05

ONU denuncia violação de direitos humanos por agentes russos na Crimeia

AFP
AFP

A situação dos direitos humanos "se deteriorou significativamente" na Crimeia, península anexada pela Rússia em março de 2014 - alertou a ONU nesta segunda-feira (25), acusando agentes russos de "múltiplas e graves violações" cometidas impunemente.

"Múltiplas e graves violações do direito à integridade física e mental foram cometidas por agentes de Estado da Rússia na Crimeia desde 2014. A ausência de investigação sugere que seus autores se beneficiaram e continuam se beneficiando da impunidade", afirma o Alto Comissariado da ONU para os Direitos Humanos, em um informe.

A agência fala de "graves violações dos direitos humanos, como detenções e prisões arbitrárias, desaparecimentos forçadas, maus-tratos, ou torturas, e pelo menos uma execução extrajudicial, que foram documentados" desde a anexação da Crimeia.

A Rússia anexou em 2014 a península ucraniana da Crimeia. Em represália, os países adotaram sanções contra Moscou.

A ONU também denuncia a "imposição" da cidadania russa e "um novo marco jurídico", que "limitou consideravelmente o exercício dos direitos humanos na Crimeia".

* AFP

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaHomem é preso por tráfico de drogas e porte de dinheiro falso em Joinville https://t.co/jSxkNibAKP #LeianoANhá 8 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJoinville recebe o Tubarão de olho nos 100% dentro da Arena https://t.co/G3WgtlIPOt #LeianoANhá 14 horas Retweet

Mais sobre

A Notícia
Busca