Multidão ataca barco da Cruz Vermelha em Mianmar - Mundo - A Notícia

Versão mobile

Yangon21/09/2017 | 06h09

Multidão ataca barco da Cruz Vermelha em Mianmar

AFP
AFP

A polícia birmanesa atuou na quarta-feira à noite em Sittwe, capital do estado de Rakhine, região oeste do país, para dispersar uma multidão hostil que atacou um barco da Cruz Vermelha com ajuda humanitária para os civis afetados pela violência.

De acordo com um comunicado da assessoria da dirigente birmanesa Aung San Suu Kyi, quase 300 pessoas se reuniram em Sittwe, cidade de maioria budista, ao redor do barco e lançaram pedras e coquetéis molotov.

Toda a região vive sob tensão desde que os ataques da rebelião muçulmana contra delegacias provocaram uma campanha de repressão do exército de Mianmar, chamada de "limpeza étnica" pela ONU.

Mais de 420.000 muçulmanos rohingyas buscaram refúgio no vizinho Bangladesh desde 25 de agosto para fugir da violência.

A multidão obrigou o "Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) a descarregar a ajuda que estava no barco e impediu a saída da embarcação", afirma o comunicado.

O barco, que transportava roupas, água e mosquiteiros, deveria seguir para Maungdaw, no distrito norte, epicentro da violência desde o fim de agosto.

A polícia, que deu tiros de advertência, precisou de várias horas para restabelecer a ordem. Oito pessoas foram detidas.

A situação é tensa para os voluntários humanitários na região.

Os investigadores da ONU sobre direitos humanos, que as autoridades birmanesas não reconhecem, pediram na terça-feira "acesso completo e sem obstáculos" ao país, alegando que a região é cenário de uma grave crise humanitária.

* AFP

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaTeste AN nas Ruas: Usuários da 15 de Novembro reclamam da pavimentação e falta de ciclofaixas em trechos da via https://t.co/gQOgixxt4N #L…há 20 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaLoetz: Joinville sedia mostra de decoração com 41 ambientes a partir do dia 20 de outubro https://t.co/mdY0IksTbH #LeianoANhá 1 horaRetweet

Mais sobre

A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros