México e Israel concordam em atualizar acordo de livre-comércio - Mundo - A Notícia

Versão mobile

México14/09/2017 | 21h14

México e Israel concordam em atualizar acordo de livre-comércio

AFP
AFP

México e Israel se comprometeram nesta quinta-feira a atualizar seu tratado de livre-comércio e assinaram ambiciosos tratados no setor espacial, de serviços aéreos e de agricultura durante uma visita relâmpago do primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu à América Latina.

Essa é a primeira vez que um primeiro-ministro israelense visita o México desde a fundação do Estado de Israel em 1948.

"Temos grande fé em sua economia (...). Agora é uma das 12 maiores, e acreditamos que vai melhorar", disse Netanyahu numa mensagem conjunta com o presidente Enrique Peña Nieto na residência oficial de Los Pinos.

Peña Nieto, por sua vez, destacou que a visita de Netanyahu abriu espaço para atualizar o tratado de livre-comércio assinado em abril de 2000.

"O potencial que esse acordo tem pode ser ainda maior", disse o presidente mexicano.

Esse acordo comercial - o único que Israel tem com um país latino-americano - não trata de investimentos, nem de serviços. Em 2016, o comércio bilateral foi de 905,4 milhões de dólares.

O México tem uma rede de acordos de livre-comércio com 46 países e atualmente está atualizando seu pacto comercial com a União Europeia.

Um dos acordos que os dois países acertaram foi entre a Agência Espacial Mexicana e a Agência Espacial Israelense, e tem por objetivo "que na operação de satélite podemos ter maior observação dos fenômenos climáticos e um uso que realmente sirva às medidas de prevenção".

Outro acerto vai tentar ampliar a conectividade aérea entre os dois países, a fim de aumentar o fluxo de turistas.

Por fim, os ministros dos dois países assinaram um memorando de cooperação internacional em matéria de água, agricultura e inovação.

O dirigente israelense convidou Peña Nieto a visitar Israel com uma delegação de empresários para aumentar o intercâmbio comercial.

Netanyahu começou nesta segunda-feira em Buenos Aires uma viagem pela América Latina, que continua na quarta-feira em Bogotá e acaba nesta quinta no México. Em seguida, ele vai participar da Assembleia Geral da ONU em Nova York.

* AFP

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaEx-presidente do JEC critica trabalho do departamento de futebol https://t.co/JCvIgxl83R #LeianoANhá 8 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaPresidente do JEC abre caminho para nova diretoria em 2018 https://t.co/ofXFl9cqtM #LeianoANhá 8 horas Retweet

Mais sobre

A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros