Furacão Maria estende inundações na República Dominicana - Mundo - A Notícia

Versão mobile

Punta Cana21/09/2017 | 21h40

Furacão Maria estende inundações na República Dominicana

AFP
AFP

As chuvas do furacão Maria ganharam força nesta quinta-feira na República Dominicana, aumentando as inundações em zonas urbanas e rurais devido às cheias dos rios, e deixando 140 mil pessoas sem eletricidade e 2.991 residências afetadas.

O Centro de Operações de Emergências (COE) ordenou desalojamentos em 26 das 32 províncias do país. Mais de 17.000 pessoas foram evacuadas preventivamente.

"Reiteramos à população que abandone os lugares inseguros, os organismos de proteção civil devem continuar as evacuações", afirmou o diretor do COE, Juan Manuel Méndez.

Segundo a Cruz Vermelha Dominicana, 40% da população vive em zonas vulneráveis, perto de rios e praias.

Após devastar Porto Rico e arrasar as Ilhas Virgens e Antilhas, onde causou dezenas de mortos, o furacão derrubou árvores e postes de eletricidade na República Dominicana.

Por esta razão, 100.000 pessoas ficaram sem eletricidade no leste do país e outras 40.000 mais ao sul, anunciou o governo.

Segundo o COE, 15 comunidades estão isoladas pelo aumento do nível dos rios e uma ponte desmoronou.

O transporte aéreo também foi afetado: 158 voos foram suspensos, embora nesta quarta-feira os aeroportos tenham retomado suas funções, com exceção de Puerto Plata (noroeste).

Maria permanece um furacão de categoria 3 na escala Saffir-Simpson (que vai até 5), com ventos de 185 km/hora, enquanto avança para as Ilhas Turcas e Caicos, ao norte da ilha Espanhola, compartilhada pelo Haiti e pela República Dominicana.

No entanto, seu campo nebuloso continua provocando chuvas e ventos em quase todo o país.

Em Punta Cana, balneário turístico a 200 km de Santo Domingo, alguns trabalhadores recolhiam postes, letreiros e barcos em meio à chuva.

Devido à passagem de Maria, o governo dominicano suspendeu preventivamente o dia de trabalho nesta quinta-feira, destacando que estava preparado "para o pior".

As atividades no metrô de Santo Domingo também foram suspensas.

Dois turistas foram detidos no município Cabarete de Puerto Plata por tomar banho nas águas furiosas do oceano Atlântico.

Na trajetória prevista, o olho de Maria passará na quinta-feira sobre o litoral nordeste da República Dominicana. Para a noite de quinta e de sexta-feira, espera-se que passe perto das ilhas Turcas e Caicos e pelo sudeste das Bahamas.

As autoridades mantêm vigente um alerta por ondulações perigosas nas áreas sob alerta de furacão, acompanhadas por ondas grandes, que aumentarão o nível da água em 4 a 6 pés em cerca de 1,5 metro sobre os níveis normais, destacou o Centro Nacional de Furacões americano.

* AFP

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJEC é goleado na Capital e dá adeus ao Campeonato Catarinense Júnior https://t.co/H4ygOFg63J #LeianoANhá 3 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaPrefeitura garante conserto de painéis de energia até o fim do mês https://t.co/XxTLYmkoib #LeianoANhá 3 horas Retweet
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros