Setenta pessoas são sequestradas no Afeganistão, sete foram executadas - Mundo - A Notícia

Versão mobile

Kandahar22/07/2017 | 13h44

Setenta pessoas são sequestradas no Afeganistão, sete foram executadas

AFP
AFP

Setenta afegãos foram sequestrados na sexta-feira em seu povoado, situado ao lado da principal auto-estrada do sul do país, e pelo menos sete deles foram executados, anunciou neste sábado o chefe da polícia provincial de Kandahar, que acusou os talibãs.

Cerca de 30 pessoas foram libertadas, mas pelo menos outras 30 continuam sob poder dos sequestradores, informou à AFP o general Abdul Raziq.

Ele informou que isso aconteceu ao longo da auto-estrada que une Kandahar, principal cidade do sul do país e capital da província de mesmo nome, com Tarin-Kot, a capital da província de Uruzgán, uma área convulsa patrulhada por insurgentes.

Nenhum grupo reivindicou a ação até o momento.

"Os talibãs sequestraram ontem 70 aldeães em suas casas ao lado da auto-estrada entre Kandahar e Tarin-Kot", declarou general Raziq. "Mataram sete deles. Seus corpos foram encontrados por (outros) vizinhos (da localidade) nesta manhã".

"Liberaram 30, mas mantêm ainda reféns, pelo menos 30", acrescentou o general.

Não se sabe até agora o motivo do sequestro, mas esse tipo de ação costuma ter como alvo funcionários do governo afegão e forças de segurança.

Essa é a primeira vez que os talibãs vão diretamente a um povoado para sequestrar seus habitantes. Geralmente interceptam veículos na estrada.

A operação foi confirmada neste sábado por responsáveis da comissão independente de direitos humanos em Kandahar e Cabul, em uma declaração que condena o sequestro e a execução desses civis.

* AFP

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJEC/Krona guarda lições de 2016 para dar o troco na Assoeva na final da Liga https://t.co/N26weHkngx #LeianoANhá 1 horaRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A Notícia"O corte de despesas é o caminho para o país crescer", disse Henrique Meirelles na Fiesc https://t.co/RR4UYpkn7v #LeianoANhá 7 horas Retweet
A Notícia
Busca