FMI eleva previsão de crescimento do Brasil, mas alerta para crise política - Mundo - A Notícia

Versão mobile

Washington13/07/2017 | 18h31

FMI eleva previsão de crescimento do Brasil, mas alerta para crise política

AFP
AFP

O Fundo Monetário Internacional (FMI) elevou nesta quinta-feira (13) de 0,2% para 0,3% a previsão de crescimento do PIB do Brasil para 2017, mas destacou que a crise política "lança uma sombra" sobre essa expectativa.

"O crescimento projetado é de 0,3% em 2017 e 1,3% em 2018", afirmou o FMI em uma revisão de seu relatório anual sobre a economia brasileira. Em abril, o órgão tinha estimado o crescimento econômico de 0,2% neste ano.

Para 2018, a projeção baixou em relação ao relatório de abril, que estimava uma expansão de 1,7% do PIB. O órgão espera que a economia avance cerca de 2% em 2019 e nos anos seguintes.

"A profunda recessão brasileira parece estar perto do fim", disse o relatório, reconhecendo a "agenda ambiciosa de reformas" do presidente Michel Temer. Na visão do órgão, "a instabilidade política e o desdobramentos das investigações de corrupção são grandes fontes de risco que podem ameaçar a agenda de reformas e a recuperação" da economia.

O FMI alertou que "a habilidade do governo de entregar uma reforma da previdência, um passo necessário para garantir sustentabilidade fical, está menos garantida - e, com eleições nacionais agendadas para 2018, a janela para ações legislativas está fechando".

O órgão preparou o relatório antes da aprovação, no Senado, da controversa reforma trabalhista, que permite que funcionários negociem salários diretamente com os patrões, elimina a contribuição sindical obrigatória e dá mais flexibilidade às empresas quanto ao horário de trabalho e às férias dos funcionários.

* AFP

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaPIB caiu em 230 cidades catarinenses em 2015 https://t.co/PYdCdaOMc8 #LeianoANhá 1 horaRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaFilas e horas de espera marcam último dia de atendimento antes de recesso para reforma na Farmácia Escola de Joinvi… https://t.co/tXrlCfkzu8há 2 horas Retweet
A Notícia
Busca