EUA vão confiscar US$ 144 milhões em propriedades ligadas à corrupção nigeriana - Mundo - A Notícia

Versão mobile

Washington14/07/2017 | 20h09

EUA vão confiscar US$ 144 milhões em propriedades ligadas à corrupção nigeriana

AFP
AFP

Funcionários americanos afirmaram nesta sexta-feira (14) que planejam confiscar 144 milhões de dólares em propriedades envolvidas em atos de corrupção de executivos petroleiros nigerianos nos Estados Unidos, inclusive o iate "Galactica Star", avaliado em 80 milhões de dólares.

O iate e um apartamento de 50 milhões de dólares em frente ao Central Park, em Manhattan, estavam entre os bens ligados aos contratos adjudicados pela ex-ministra do Petróleo Diezani Alison-Madueke, entre 2011 e 2015, informou o Departamento de Justiça dos Estados Unidos em comunicado.

"Que os funcionários corruptos de outros países e executivos de empresas não se enganem: se os fundos ilícitos estão ao alcance dos Estados Unidos, vamos tentar confiscá-los e devolvê-los às vítimas que foram roubados", disse Kenneth Blanco, procurador-geral adjunto responsável. "Os Estados Unidos não são um porto seguro para produtos da corrupção".

Os procuradores afirmam que Alison-Madueke aceitou propinas dos executivos petroleiros Kolawole Akanni Aluko e Olajide Omokore. Ela adjudicou contratos lucrativos para as empresas, que venderam cerca de 1,5 bilhão de dólares em petróleo nigeriano.

O dinheiro do suborno foi lavado em empresas fantasmas e intermediários por meio de bancos americanos e compra de propriedades, que o Departamento de Justiça pretende confiscar.

* AFP

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaEmpresa de Joinville oferece 30 vagas para jovens de 18 a 22 anos https://t.co/WSKP0Br0IL #LeianoANhá 27 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaCriação de reserva particular em Pirabeiraba é colocada em consulta pública  https://t.co/Qelooiku78 #LeianoANhá 48 minutosRetweet
A Notícia
Busca