Atentado mata 14 civis no extremo norte de Camarões - Mundo - A Notícia

Versão mobile

África13/07/2017 | 06h28Atualizada em 13/07/2017 | 07h24

Atentado mata 14 civis no extremo norte de Camarões

Região é cenário frequente de ataques atribuídos ao grupo extremista nigeriano Boko Haram

AFP
AFP

Pelo menos 14 civis morreram e 30 ficaram feridos, na quarta-feira (12) à noite, após um atentado em Waza, no extremo norte de Camarões. A região é cenário frequente de ataques atribuídos ao grupo extremista nigeriano Boko Haram.

— O balanço do atentado é grande: 16 mortos (14 civis e dois homens-bomba) e 30 feridos — afirmou, sob anonimato, uma fonte do governo de Waza, perto da fronteira com a Nigéria.

Leia mais
Trump visita Paris e tenta esquecer crise em Washington
MP francês quer a retirada de circulação de revista com fotos de atentado

A fonte afirmou que os homens-bomba entraram em um local de grande movimento, com restaurantes e bares, e detonaram as cargas explosivas às 22h30min (18h30min pelo horário de Brasília).

— A situação de alguns feridos é bastante grave — disse, antes de informar que muitos foram transferidos para a cidade de Mora. — A cidade (Waza) está isolada (pelas forças de segurança). Ninguém entra ou sai — afirmou.

Os atentados atribuídos ao Boko Haram no norte de Camarões aumentam o isolamento da região, que no passado era muito procurada por turistas.

Leia mais notícias de Mundo

 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaPalcos abertos democratizam a dança com apresentações gratuitas por Joinville https://t.co/I0rDfqRsgn #LeianoANhá 2 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaComplexo prisional da Capital: coincidências após a denúncia da contagem paralela https://t.co/fkSYzXRPMi #LeianoANhá 3 horas Retweet
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros