Trump insiste na ideia de que faltam provas sobre conluio com a Rússia - Mundo - A Notícia

Versão mobile

Washington16/06/2017 | 10h43Atualizada em 16/06/2017 | 11h39

Trump insiste na ideia de que faltam provas sobre conluio com a Rússia

Presidente dos Estados Unidos usou rede social para criticar investigação

Trump insiste na ideia de que faltam provas sobre conluio com a Rússia Brendan Smialowski/AFP
Foto: Brendan Smialowski / AFP
AFP
AFP

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, insistiu, nesta sexta-feira (16), na ideia de que faltam provas sobre um conluio com a Rússia para vencer as eleições de 2016. O tema está no centro de investigação cujo alvo é o republicano.

"Após sete meses de investigações e audiências em comissões sobre meu "conluio com os russos", ninguém foi capaz de mostrar qualquer prova. Triste!", escreveu no Twitter.

O Departamento de Justiça e várias comissões do Congresso investigam alegações de cumplicidade entre a Rússia e o comitê de campanha de Trump para ajudá-lo a vencer as eleições e chegar à Casa Branca. O caso virou uma espessa nuvem sobre a Casa Branca. Apesar dos desmentidos diários, o presidente não foi capaz de dissipá-la.

Em outra mensagem, Trump afirmou: "Estou sendo investigado por demitir o diretor do FBI, pelo homem que me disse que deveria demitir o diretor do FBI. Caça às bruxas!".

Segundo o presidente, "apesar da falsa caça às bruxas que acontece nos Estados Unidos, a economia e o emprego estão ótimos. Regulações para baixo, empregos e entusiasmo para cima!".

Trump também voltou a criticar a imprensa. "A mídia das notícias falsas detesta quando eu uso o que se tornou uma rede social muito poderosa — mais de 100 milhões de pessoas! Eu consigo contorná-los", publicou Trump em seu perfil no Twitter. 

Leia mais
Trump eleva o tom de voz ante novas revelações da imprensa
Trump é acusado por democratas de usar cargo para obter benefícios financeiros
Trump critica decisão da Justiça que manteve suspensão de decreto migratório

O presidente já afirmou em diversas oportunidades que a polêmica sobre seu relacionamento com a Rússia é abastecida por "fake news". Em um tuíte recente, escreveu que os Estados Unidos "testemunham a maior caçada às bruxas na história da política americana, liderada por algumas pessoas muito ruins e conflituosas".

Trump seria objeto de investigação por suposta obstrução de justiça, ao ter pressionado o ex-diretor do FBI James Comey a "esquecer" de continuar nos trabalhos de apuração um alto funcionário da Casa Branca, o ex-assessor Michael Flynn.

Leia as últimas notícias de Mundo

 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaConheça Matheus Song, o joinvilense eleito Mister Brasil 2017 https://t.co/XQaDCtibNX #LeianoANhá 1 horaRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJoinville fica 29 dias sem registrar mortes violentas https://t.co/mE7rlGvHFk #LeianoANhá 3 horas Retweet
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros